Conecte-se conosco

Política

PROS retira coach gospel Pablo Marçal e decide apoiar chapa Lula-Alckmin

Publicado

em

Pablo Marçal foi escolhido em convenção do Pros para ser candidato a presidente - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O palestrante e youtuber Pablo Marçal não vai mais disputar a Presidência da República. A executiva nacional do PROS decidiu, nesta quarta-feira (03/08), retirar a candidatura do coach gospel. O motivo é que o partido irá apoiar o ex-presidente Lula.

Pablo Marçal havia anunciado sua pré-candidatura à Presidência em 1º de maio em um evento ocorrido na região metropolitana de São Paulo, e que reuniu, segundo os organizadores, cerca de 15 mil pessoas na Arena Barueri (SP).

O anúncio de que Marçal não vai mais ser o candidato do partido foi feito durante uma reunião com o núcleo duro da campanha do PT e PSB nesta quarta. O partido decidiu apoiar a chapa Lula-Alckmin nas eleições de outubro.

A decisão aconteceu após longa batalha judicial travada nos últimos anos, pelo fundador do Pros, Eurípedes Júnior, que obteve a recondução imediata ao cargo da presidência nacional do partido. Com isso, a convenção realizada em Brasília, que escolheu Pablo Marçal candidato à Presidência, podia perder o efeito devendo organizar outra até sexta-feira (05/08), o que aconteceu nesta quarta.

Eurípedes Junior decidiu retirar a candidatura própria da sigla para apoiar o ex-presidente Lula. Mas, segundo o site O Antagonista, Marçal vai questionar judicialmente a decisão. Ele argumenta que, legalmente, Eurípedes Júnior não tem o poder de “mudar o resultado de uma convenção partidária realizada no prazo legal”.

Segundo o jornal Valor, Pablo Marçal afirmou no início da tarde, por meio de comunicado oficial, que mantém a candidatura à Presidência pelo Pros. Ele alega que não recebeu informação da Executiva sobre o apoio e que uma nova convenção nacional para retirar sua postulação não poderia ser convocada para esta sexta-feira (05/08), ao contrário do que divulgado pelo seu partido. Marçal concederá uma coletiva de imprensa na noite desta quarta-feira em São Paulo. 

Publicidade

“Sobre a notícia veiculada a partir de uma nota do PT de que a atual direção do Pros decidiu apoiar a candidatura daquela sigla, informamos que a atual executiva não se manifestou até o presente momento e que a candidatura de Pablo Marçal foi indicada em ata de convenção realizada pelo partido dentro dos prazos legais”, diz a nota oficial divulgada

Marçal possui 34 anos, é casado e tem quatro filhos. Antes de se aventurar pelo marketing digital e pela carreira de coach, foi funcionário de uma empresa de telefonia e consultor empresarial. Atualmente vive em São Paulo com a família.

A reunião do partido com o núcleo da campanha do PT e PSB aconteceu nesta quarta (03) – Foto: Divulgação

Publicidade

+ Acessadas da Semana