Conecte-se conosco

Gospel

Quem foi Pedro Henrique, cantor gospel que morreu aos 30 anos

Publicado

em

Nesta quinta-feira (14/12), o cenário gospel brasileiro perdeu uma de suas estrelas promissoras, Pedro Henrique, um cantor e compositor de talento ímpar, cuja trajetória inspiradora deixa uma marca indelével na música cristã. O artista  sofreu um infarto fulminante durante uma apresentação.

Nascido e criado em um lar cristão, Pedro manifestou seu amor pela música desde tenra idade. Aos 3 anos, deu seus primeiros passos artísticos, antecipando uma jornada que, ao longo dos anos, encantaria fãs e críticos.

O ano de 2015 foi um divisor de águas, quando Pedro começou a compartilhar covers emocionantes em seu canal no YouTube. Seu dom inato e a paixão pela mensagem cristã conquistaram uma legião de admiradores, pavimentando o caminho para sua inclusão em uma banda renomada. Durante três anos, ele contribuiu significativamente, resultando no lançamento do álbum “Grande é o Senhor”, que ecoou nas playlists dos amantes da música gospel.

Em 2019, Pedro Henrique empreendeu uma jornada solo, estabelecendo residência no Rio de Janeiro e juntando-se ao seleto cast da Todah Music. Seus singles “Descendência” e “Não Fique Assim” rapidamente se tornaram hits, acumulando mais de 27 milhões e 4,6 milhões de visualizações no YouTube, respectivamente. Esses números monumentais testemunham não apenas sua destreza musical, mas também o impacto significativo que ele teve na cena gospel.

A ascensão de Pedro não passou despercebida, sendo indicado em duas categorias no prestigiado Troféu Gerado Salvação de 2022: “Música do Ano”, com “Descendência”, e “Cantor do Ano”. Embora não tenha conquistado os troféus nessas categorias, sua indicação ressalta o reconhecimento merecido por sua contribuição única à música cristã contemporânea.

Além das realizações profissionais, Pedro Henrique enfrentou desafios pessoais. Em agosto de 2021, ele e sua esposa, Suilan Barreto, compartilharam a dor de um aborto espontâneo, uma provação que fortaleceu ainda mais sua fé. Recentemente, celebraram o nascimento da filha Zoe, que agora, com apenas 1 mês e 25 dias, enfrenta a ausência prematura do pai.

Ao assinar com a Todah Music em 2021, Pedro solidificou sua posição em uma das principais gravadoras do Brasil, projetando um futuro promissor que foi abruptamente interrompido por sua partida.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página