Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Retrospectiva gospel: Relembre as mortes em 2021 que abalaram o meio cristão

Publicado

em

O Portal do Trono traz nesta semana a Retrospectiva 2021, com os assuntos que mais deram o que falar no meio evangélico neste ano que passou. Nesta matéria você confere os líderes religiosos que nos deixaram em 2021.

1 – APÓSTOLOS FERNANDO GUILLEN

O Apóstolo Fernando Guillen morreu no dia 17 de fevereiro vítima da Covid-19, o novo coronavírus. O líder religioso havia sido diagnosticado com Linfoma folicular (um tipo de câncer) em outubro de 2019. Fernando Guillen tinha 41 anos e tinha sido diagnosticado com a Covid no início de janeiro e precisou ser internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo), após apresentar problemas respiratórios. O apóstolo chegou a ser intubado em 1º de fevereiro para tratar os problemas pulmonares em decorrência da Covid-19. Em 09 de fevereiro Fernando precisou passar por uma traqueostomia para acelerar a retirada do tubo, o procedimento ocorreu bem. Mas, o seu quadro de saúde se agravou no decorrer dos dias vindo a falecer. Fernando Guillen era pastor da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, Minas. Também, era diretor do Centro de Integração Global AC7ION em BH, Master Coach, Empreendedor Digital, Consultor de Negócios.

2 – SELMA GONÇALVES

A cantora gospel Selma Gonçalves morreu em 28 de fevereiro em decorrência da Covid-19, aos 55 anos. A cantora morava em Cuiabá e estava internada desde o dia 18 de fevereiro no pronto-socorro da capital mato-grossense. Selma era membro da Igreja Assembleia de Deus de Cuiabá, e foi homenageada pela igreja, amigos, fãs e familiares pelas redes sociais. A cantora começou a carreira em shows evangélicos no Mato Grosso e gravou um CD com músicas evangélicas de forma independente pela artista. Ela também era missionária da Assembleia de Deus de Cuiabá.

3 – ESDRAS GONDIM

Esdras Gondim era professor de canto, cantor gospel e membro do grupo Vocal Livre. O músico tinha 23 anos e morreu em decorrência da Covid-19, em 17 de março. Esdras nasceu em Recife, em Pernambuco, tinha, paralelo ao Vocal, um ministério solo e em dueto com a sua esposa Lenise Antunes, cantando as músicas que compõem. Ele era licenciado em Música pela UNASP (Centro Universitário Adventista Engenheiro Coelho). Atuava como vocalista no grupo Vocal Livre e regente do Coral Livre.

4 – IRMÃO LÁZARO

Irmão Lázaro, ex-integrante do Olodum, que tinha 54 anos, morreu vítima de complicações da Covid-19, em 19 de março de 2021. O cantor era considerado um dos maiores músicos cristãos do Brasil e suas músicas ainda são lembradas e cantadas em todo o país. Lázaro estava internado em um hospital de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, e morreu após quase um mês internado para tratar as complicações do novo coronavírus. A morte do também deputado federal pela Bahia pegou toda a comunidade cristã de surpresa, isso porque, muitos acreditavam que o cantor se recuperaria.

5 – CRISTIANE FERR

Cristiane Ferreira de Souza, mais conhecida como Cristiane Ferr, cantora gospel e compositora que fez sucesso na música cristã, morreu no dia 11 de junho, aos 48 anos. A cantora foi mais uma vítima da Covid-19. Sua mãe, Dona Sueli, também se infectou com o novo coronavírus, e permaneceu internada por mais alguns dias. Cristiane era carioca e morava em Juiz de Fora, em Minas Gerais. Além de cantora, Ferr era maquiadora e fisioterapeuta. Segundo informações, Cristiane sofria de depressão, tendo inclusive, escrito um livro para falar da luta contra a doença. Cristiane estava internada lutando contra a Covid-19 e não resistiu. A Igreja Missionária Filadélfia, na qual ela foi membro, publicou uma nota de pesar pela morte da cantora na época. No decorrer da sua carreira na música gospel, Cristiane compôs e lançou grandes sucessos, como “Restaura Minha Família”, “Deus Fiel”, “Poder de Deus”, “Deus Está Aqui” e muitos que fizeram sucesso nas rádios gospel do país.

6 – JÚNIOR LIRA

O cantor gospel e pastor Roberto Neilo Cavalcante Porto Júnior, mais conhecido como Júnior Lira, morreu no dia 25 de junho, aos 43 anos de idade, vítima da Covid-19. Em sua página oficial no YouTube, Júnior Lira, que também era chamado como Forrozeiro Adorador, se identificava como um “Músico Apaixonado por Jesus Cristo de Nazaré”. O artista se destacou na banda de forró Segura Pizada, mas se converteu e vinha se dedicando à música cristã. Dentre seus maiores sucessos gospel estão “Na Unção de Deus”, “Pra Subir Tem Que Descer”, “Eu Vou Subir” e “Pisa Na Cabeça do Inimigo”. O cantor era muito conhecido em Manaus, principalmente pela ala política da cidade, isso porque ele tinha muitos amigos políticos. Ele inclusive se candidatou ao cargo de vereador por Manaus pelo Partido Patriota em 2020, porém não conseguiu se eleger.

7 – VAGNER LOPES

O pastor Vagner Lopes morreu no dia 15 de julho, vítima de um infarto. Ele era conhecido por realizar os cultos para alguns jogadores do Corinthians. A morte do religioso foi bastante lamentada, principalmente pelo elenco paulista. Pastor Vagner Lopes sofreu um infarto fulminante. Ele tinha 48 anos e seu corpo foi velado no Cerimonial do Pacaembu, em São Paulo, e sepultado horas depois. O religioso era um frequentador assíduo do CT Joaquim Grava, onde costumava realizar os cultos para alguns jogadores do elenco, como o goleiro Cássio e o centroavante Jô. Além disso, participava de cultos pré-jogos com parte do elenco corintiano.

8 – BISPO VANDERLEY SANTIAGO

O Bispo Vanderley Santiago, irmão do Apóstolo Valdemiro Santiago, o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, morreu no dia 28 de junho, aos 53 anos em decorrência da Covid-19, na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo. Vanderley procurou atendimento no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio e chegou a ser transferido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Santa Felícia, onde sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu.

9 – RENATO SUHETT

O cantor gospel Renato Suhett, morreu no dia 07 de agosto, vítima da Covid-19, aos 60 anos. Suhett estava internado em um hospital do RJ e não resistiu à doença. Em julho, Renato Suhett contraiu a Covid-19, o novo coronavírus, e precisou buscar um hospital de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele tinha 60 anos e estava entubado devido à doença. Mas, o cantor não resistiu e morreu. Suhett já foi bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e ex-braço-direito do bispo Edir Macedo. Além disso, entre 1980 e início dos anos 90 chegou a ser um dos principais líderes da IURD.

10 – VALDECI AROUCA

O pastor Valdeci Arouca, mais conhecido como Chi, morreu no dia 19 de agosto. Ele era integrante do Ministério Voz da Verdade e morreu aos 53 anos, vítima de um infarto. A Banda Voz da Verdade Sede, uma das mais longevas bandas cristãs em atividade, publicou uma nota de pesar pelo falecimento repentino do religioso. “Obrigado Pr. Arouca por todo seu trabalho no ministério. Inclusive pelos lindos figurinos que idealizava para os integrantes da banda, Você faz parte da nossa história”, escreveu a Banda.

11 – TÚLIO RÉGIS

O cantor Túlio Régis Notarangeli, um dos fundadores da Banda gospel Oficina G3, morreu no dia 24 de agosto. Ele tinha 59 anos e lutava contra um câncer no fígado há cerca de dois anos. Túlio Régis fez parte do grupo entre 1987 e 1992. Além de cantor gospel, ele era compositor, tendo escrito “Naves Imperiais”, “Rei de Salém”, “Pirou” e “Valéria”. Ele morreu em decorrência do câncer no fígado, na qual lutava desde agosto de 2019.

12 – DRUMMOND LACERDA

O pastor Drummond Lacerda morreu no dia 31 de agosto em decorrência da Covid-19. Ele, que tinha 38 anos, deixou a esposa, Raquel, e uma filha de 11 meses. O pastor teve uma piora no quadro de saúde nos dias anteriores à sua morte, tendo embolia pulmonar e uma parada cardíaca. Ele se infectou com o novo coronavírus no início de agosto e precisou buscar atendimento médico depois que teve 50% dos pulmões comprometidos em decorrência da doença. O religioso estava internado no Hospital Belo Horizonte, na capital mineira. O quadro de saúde do líder do Ministério Vento no Fogo era gravíssimo, inclusive, os médicos deram início ao tratamento com Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO), mais conhecido como ‘pulmão artificial’. Drummond Lacerda residia em Belo Horizonte – MG, congregava na Igreja Batista da Lagoinha, atuava como pastor escritor, conferencista do Ministério Vento no Fogo, colunista do site lagoinha.com, professor no Seminário Teológico Carisma da Igreja Batista da Lagoinha e em outros seminários

13 – CLÁUDIO CLARO

O pastor, compositor e cantor gospel Cláudio Claro morreu no dia 18 de setembro, aos 60 anos de idade. Ele morreu vítima de um câncer raro nas vias biliares. Cláudio estava internado no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele foi diagnosticado com a doença em maio deste ano. E nas duas últimas semanas, seu quadro se agravou por complicações do próprio câncer, que era raro e agressivo localizado no introducto de via biliar. Por causa disso, ele veio a falecer no sábado aos 60 anos. Cláudio Claro era líder do Ministério Tabernáculo de Davi. Era compositor por trás de canções queridas por igrejas de todo o Brasil, como Videira, Pão da Vida e Libertador.

14 – MOISÉS NASCIMENTO

O cantor gospel Mattos Nascimento usou as suas redes sociais para anunciar que seu irmão mais velho, Moisés Nascimento, faleceu no dia 30 de setembro. Ele é o primogênito da família, que é recheada de cantores gospel. Mattos não revelou a causa da morte do irmão, mas afirmou que Moisés estava internado e morreu após complicações. Ele pediu orações, pela família e em especial pela sua mãe, Noêmia Nascimento, pois estava muito abalada com a perda do seu primogênito. Moisés Nascimento era irmão de Mattos Nascimento e pai do também cantor gospel Willian Nascimento e do seu irmão Wanderson Nascimento.

15 – CEZAR DE ANDRADE

O locutor e pastor Cezar de Andrade morreu no dia 14 de outubro vítima da Covid-19. O comunicador era apresentador da Rádio Melodia FM, na cidade do Rio de Janeiro, e não resistiu a doença, aos 68 anos. Cezar de Andrade era apresentador do Manhã Melodia e ficou internado por cerca de três meses, com Covid-19, na Policlínica de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele era pastor presidente do Ministério Favos de Mel, na Taquara, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

16 – ROBSON LAZARO

Robson Lazaro Ruiz Júnior, jovem pregador de Mauá, na Região Metropolitana de São Paulo, morreu no dia 22 de outubro vítima de um grave acidente. Robson morreu aos 26 anos completados no mesmo dia da sua morte. Ele viajava no banco de passageiros de um veículo Gol dirigido por uma jovem, que ficou gravemente ferida. Segundo a Polícia, o carro, que vinha em alta velocidade, atingiu um Chevrolet Astra de raspão e, sem seguida, rodopiou na pista vindo a colidir contra um ônibus de trabalhadores rurais. Com o impacto, Robson Lazaro não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já a mulher precisou ser transportada para o Hospital de Clínicas da Unicamp pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, e sobreviveu. De acordo com os próprios familiares da mulher, a moça estaria voltando de uma balada em comemoração ao aniversário do jovem pregador. Além disso, ela estaria embriagada no momento do acidente, além dos dois estarem sem o cinto de segurança.

17 – JOÃO ISIDÓRIO

O cantor gospel e deputado estadual João Isidório, que tinha 29 anos, morreu após sofrer uma lesão na coluna após pular no mar em 11 de novembro. João passava o dia com a família (esposa Lucréia e o primo Raioni) em uma praia no Terminal Marítimo de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador. Segundo testemunhas, o parlamentar sofreu um mal súbito na água e em seguida teria se afogado. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) também apontou que o deputado fraturou a coluna cervical. Pastor João Isidório foi eleito para o primeiro mandato como deputado estadual nas eleições de 2018 quando recebeu 110.540. Ele foi o parlamentar mais votado do estado para a Assembleia Legislativa da Bahia onde era conhecido por defender pautas conservadoras e ligadas ao público evangélico. O parlamentar cantava acompanhado dos “Timbaleiros de Cristo”, grupo formado por pessoas acolhidas na Fundação Dr. Jesus, de onde era coordenador. A entidade, liderada pelo pai, Pastor Sargento Isidório – que atualmente é deputado federal – realiza tratamento e acolhimento de dependentes químicos.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página