in

R.R. Soares anuncia água abençoada que “cura” Covid-19 e Ministério Público investiga

Publicidade

O pastor R.R. Soares, líder da Igreja da Graça de Deus, acabou se envolvendo em um caso polêmico sobre a Covid-19, depois que passou a circular em grupos de Whatsapp um vídeo onde ele aparecendo fazendo um “placar da cura”, mostrando pacientes que, supostamente, haviam se “curado” da doença após beber uma água por ele consagrada.

O caso foi revelado pelo portal UOL, e o Ministério Público já está de olho para investigar supostas práticas ilícitas na conduta do pastor.

Entidades médicas alertam que não há cura para a Covid-19, pelo menos por enquanto. Vacinas promissoras ainda estão em fase de testes e não possuem prazo certo para chegar ao mercado de forma confiável.

PUBLICIDADE

R.R. Soares não é o primeiro líder religioso a entrar na mira do Ministério Público. Semana passada, o MPF pediu ao YouTube que retirasse do ar vídeos do apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial, vendendo “feijões mágicos” que curariam a Covid-19.

A plataforma de vídeos do Google já retirou o material do ar, mas uma notícia-crime foi registrada pelo Ministério Público de São Paulo contra o pastor, pelo crime de estelionato. Assista abaixo a reportagem do UOL:

Publicidade

Pastor do CE que morreu de Covid-19 cedeu vaga em UTI para dois pacientes mais graves