Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Sarah Sheeva critica pastores que cedem o altar para novos convertidos: “Não é palco para show”

Publicado

em

A criadora do Culto Das Princesas, a pastora Sarah Sheeva, usou as redes sociais para rasgar o verbo sobre pastores que cedem o altar de suas igrejas para pessoas neófitas (novos convertidos).

A pastora condenou os líderes evangélicos que colocam jovens muito novos para darem testemunhos e pregarem a fim de ganhar popularidade e atrair novos fiéis. Tendo vista que, muitos deles carregam multidão de seguidores e fãs.

Para Sarah Sheeva, um neófito que recebe espaço no altar “geralmente se ensoberbece (vaidade) e se desvia do Senhor logo em seguida”. A pastora chamou a atenção dos líderes quanto a esse tema.

“Muitos escândalos poderiam ser evitados se os pastores não tivessem medo de perder os músicos que tocam bem, os cantores que cantam bem, os frequentadores famosos que atraem os curiosos para as suas igrejas. O altar não é palco para show, nem é vitrine para exibicionismo, nem outdoor de propaganda e marketing da igreja. Mas, muitos pastores têm sofrido com a baixa popularidade de suas igrejas, e com isso se rendem ao costume demoníaco de aceitar qualquer um no altar”, disse Sarah pelas redes sociais.

Segundo ela, uma pessoa famosa desviada faz um estrago no mundo cristão, porque, segundo ela, “todo mundo que se converteu através da tal pessoa, geralmente se desvia junto”.

“Pessoas novas convertidas não devem ter lugar no altar, pois é um lugar de destaque para as pessoas que já foram acompanhadas pela liderança em discipulado! É assim que se faz uma igreja santa, com cuidados e trabalho, e não com atalhos ou concessões”, disse ela.

Sarah relembrou que tem sido noticiado muitas polêmicas envolvendo cantores gospel e pastores, e finalizou para alertar os pastores.

“Olha aí na mídia a quantidade de escândalos que poderiam ser evitados! Se apenas os pastores tivessem se dado o trabalho de discipular as ovelhinhas famosas. Eu fui discipulada por 6 anos! Não podia subir no altar, não era tratada como vip na igreja, fui ensinada que a estrela é Jesus, fui ensinada a servir! E isso moldou o meu caráter! Obrigada senhor, pela vida daqueles que foram meus pastores por anos”, disse ela.

“Pastores, não caiam nesse erro! Acompanhem a vida da pessoa através do discipulado, e não coloquem ninguém no altar com menos de 2 anos de discipulado”, finalizou a religiosa.

https://www.instagram.com/p/CYr7k61r_pn/













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página