Conecte-se conosco

Política

Show de Pabllo Vittar e Johnny Hooker na posse de Lula irrita evangélicos: “O mundo jaz no maligno”

Publicado

em

Pabllo Vittar e Johnny Hooker - Imagem/Reprodução

A posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 1° de janeiro, terá shows de vários artistas, entre eles Pabllo Vittar.

Além disso, Janja da Silva, que ficou responsável pela organização da cerimônia da posse, confirmou também a presença do cantor Johnny Hooker, que causou polêmica em 2018 ao criticar o movimento religioso e chamar Jesus Cristo de “travesti’

Mesmo confirmando nomes do meio evangélico, como os cantores gospel Kleber Lucas e Leonardo Gonçalves, as presenças até aqui já confirmadas revoltaram a comunidade evangélica.

Até mesmo parlamentares evangélicos se mostraram incomodados com a escalação de vários artistas, principalmente Pabllo Vittar, representante da comunidade LGBTQIAPN+.

Nas redes sociais, as críticas foram tantas; confira algumas:

“Esse rapaz não tem ideia do que fez… Zombou do Senhor; Espero que se arrependa rápido!”, disse um internauta sobre a participação de Johnny Hooker. “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear isso também colherá. – GL 6:7”.

Publicidade

“Nenhuma novidade pra mim, seria espanto se fosse o contrário. Todos do mesmo nível de quem os contrata. Pena que nosso dinheiro acabou sendo investido nesses eventos”, criticou uma internauta.

“Ainda tem cristao q acha q essas eleiçoes foram como as dos anos anteriores, vota no L e acha q nao terá consequencias. Basta v quem está do lado dele e os amigos artistas da esposa dele”, declarou uma outra pessoa.

“Gente desapega.. vcs gostam de sofrer hein ???? Deixa pra lá.. fizemos nossa parte agora eh deixar pra lá.. não tem novidade nenhuma o MUNDO JAZ NO MALIGNO vamos cuidar da nossa salvação pq nossa Pátria não eh aqui !!!”, pediu uma seguidora.

Publicidade

+ Acessadas da Semana