Conecte-se conosco

Política

Silas Malafaia aluga trio elétrico para apoio a Bolsonaro na Av. Paulista

Publicado

em

Silas Malafaia aluga trio elétrico para apoio a Bolsonaro em manifestação na Av. Paulista - Foto: Isac Nóbrega

No dia 25 de fevereiro, o ex-presidente Jair Bolsonaro convocou um ato na Avenida Paulista (SP) para “se defender” após ser alvo de uma operação da Polícia Federal. O trio elétrico utilizado no evento foi alugado pelo pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, conhecido por seu apoio ao ex-presidente. A informação é da CNN Brasil.

A operação Tempus Veritatis, deflagrada pela PF na última quinta-feira (8), investiga uma suposta tentativa de golpe de Estado, com o objetivo de manter Bolsonaro no poder. Segundo as autoridades, o ex-presidente teve que entregar seu passaporte para evitar deixar o país.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Bolsonaro convoca seus apoiadores para um “ato pacífico em defesa do nosso Estado Democrático de Direito”, pedindo que compareçam trajados com as cores verde e amarelo e sem cartazes ou faixas contra qualquer pessoa. Ele declarou que pretende se defender das acusações que têm sido feitas contra ele nos últimos meses.

Malafaia, um dos aliados de Bolsonaro, compartilhou o vídeo em suas redes sociais, incentivando a presença no evento. Porém, não fez menção ao pagamento do trio elétrico.

A operação da PF investiga a possível participação de Bolsonaro e seu círculo político em um plano para abolir o Estado Democrático de Direito. Mensagens e documentos obtidos pela polícia indicam ordens de prisão para diversas autoridades e monitoramento ilegal de integrantes do Supremo Tribunal Federal.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em diversos estados, incluindo medidas cautelares contra Bolsonaro. As investigações apontam para crimes como organização criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e golpe de Estado.

A PF também identificou a disseminação de informações falsas sobre fraudes nas eleições de 2022 e a possível utilização de forças militares para apoiar uma intervenção política.

O ato convocado por Bolsonaro na Paulista ocorre em meio a um cenário de intensa polarização política e crescente tensão institucional no país.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página