in

Justiça do Rio proíbe cultos na igreja de Silas Malafaia por causa do Coronavírus

Publicidade

Silas Malafaia perdeu na justiça e terá que fechar as portas de todas suas igrejas no estado do Rio de Janeiro por conta da pandemia do novo Coronavírus. Foi o que decidiu o Tribunal de Justiça do estado.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) havia pedido que o judiciário proibisse a realização dos cultos presenciais na Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), mas teve o pedido negado em primeira instância na semana passada, o que permitiu que Silas Malafaia continuasse os trabalhos.

Na última sexta (20), no entanto, o desembargador do TJ-RJ Sérgio Seabra Varella, que estava de plantão, decidiu reformar a decisão de 1ª instância e determinou a proibição à realização de cultos da ADVEC de forma presencial em todo o estado do Rio de Janeiro. A decisão impôs multa de 10 mil reais por dia em caso de descumprimento.

“Na espécie, [é] de se entender pela prevalência do direito à vida e à saúde, mormente, quando conjugado em escala global. E assim o é, porque o crescimento vertiginoso do número de vítimas mostra-se estarrecedor em um contexto diferenciado do estado do Rio de Janeiro, especialmente, quanto à geografia, economia e nosocômios”, afirmou o desembargador.

PUBLICIDADE

O magistrado disse ainda que não há violação ao direito de culto com sua decisão: “É dizer, ainda no momento de exceção como se antevê, pode-se exercer a fé, mas não de maneira individualista”. 

Na semana passada, Silas Malafaia protagonizou uma polêmica no meio evangélico, após ser repreendido nas redes sociais por Ana Paula Valadão, líder do Diante do Trono, que não concordou com a decisão do pastor e de outros líderes cristãos, em manter os templos de suas igrejas abertos. Ele respondeu de forma exaltada as críticas.

O balanço das secretarias estaduais de saúde no Brasil contabilizavam 1.980 casos até às 12h20 desta terça-feira (24), com 34 mortes em todo o país (30 no estado de São Paulo e 4 no Rio de Janeiro). Todos os estados e o Distrito Federal têm infectados pelo Covid-19. As recomendações principais é que as pessoas fiquem em casa, higienizem as mãos com água e sabão ou álcool em gel (70%), e além disso evitem aglomerações e contatos íntimos, como beijos, abraços e aperto de mãos.

Publicidade

Cantora gospel testa positivo para Covid-19: ‘É real, devemos levar a sério’

Pastor coloca foto dos membros nas cadeiras da igreja em 1º culto sozinho