Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Silas Malafaia se enfurece com ministro do STF após bloqueio do Telegram

Publicado

em

Pastor Silas Malafaia e o ministro do STF Alexandre de Moraes - Foto: Reprodução/YouTube

O pastor Silas Malafaia publicou em suas mídias sociais um vídeo protestando contra a suspensão do aplicativo Telegram no Brasil, decidido pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

No vídeo de quase 4 minutos, Silas Malafaia critica o ministro do Supremo pela decisão. Moraes determinou o bloqueio do aplicativo Telegram no Brasil na última sexta-feira (18).

O líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) não somente fez críticas ao Alexandre, mas também aos outros ministros do STF, ao presidente e integrantes do Senado Federal, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a imprensa e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) por não intervir no assunto e deixaram o ministro agir de forma monocrática.

Para o pastor, Alexandre de Moraes rasgou a Constituição Federal (CF) e criticou o ministro por, entre outras coisas, perseguir e prender jornalistas e políticos de direita. Segundo o religioso, a decisão do bloqueio é censura contra a o Estado Democrático de Direito.

“Você não pode banir uma rede porque alguém cometeu um crime. Quer dizer que alguém com uma faca para matar os outros, não vai se vender mais facas? Isso é censura do Estado Democrático de Direito. Esse sujeito com seus atos inescrupulosos rasgando a Constituição, afrontando o Brasil e perseguindo o presidente da República”, esbravejou Silas.

Vale ressaltar que o ministro Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20/03) a decisão, assinada por ele mesmo na sexta (18). Segundo o ministro, a revogação foi definida porque o Telegram cumpriu as determinações judiciais que estavam pendentes – e que tinham levado o ministro a definir a suspensão do app.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página