Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

“Soldados ucranianos estão relatando eventos sobrenaturais”, diz pastor

Publicado

em

Invasão russa à Ucrânia chega ao sétimo dia - Foto: Reprodução/Twitter

Um pastor evangélico que vive na Bielorrússia disse que seus amigos ucranianos acreditam fortemente que Deus está respondendo às orações dos cristãos ao redor do mundo.

O religioso, que nasceu nos Estados Unidos, disse ao All Israel News que está vivendo no país vizinho da Ucrânia há cerca de 12 anos. Por estar perto da área invadida pela Rússia, tem ouvido muitas notícias de amigos religiosos por lá.

“E eles não apenas são encorajados por isso, mas estão recebendo relatórios de vários soldados que estão dizendo que coisas estranhas estão acontecendo”, disse o pastor que não quis se identificar.

“Eles estão dizendo: ‘Estamos vendo coisas à noite que normalmente não vemos que nos salvam. Parece que às vezes as balas estão apenas passando por nós, em vez de nos atingir’ e coisas assim”, acrescentou o pastor afirmando que isso tem deixado os pastores chocados.

Um líder da Igreja Messiânica na Ucrânia também ficou surpreso ao ouvir sobre o relato. Segundo ele, eles eventualmente “colherão alegria e algo de bom” após os tempos difíceis que estão passando atualmente, revelando que já receberam uma profecia sobre isso no outono.

“E então, depois, seria um dos melhores tempos… algo assim… seria um dos melhores tempos para a Ucrânia. E eu entendi que isso provavelmente significava, você sabe, uma grande jogada do espírito de Deus”, explicou o pastor.

Soldados ucranianos caminham na estação de trem central de Kiev – Foto: Umit Bektas/Reuters

Sean Feucht, um líder de adoração americano, também compartilhou uma mensagem de um pastor chamado Igor, da cidade ucraniano de Lviv, perto da Polônia. Ele afirmou que os cristãos têm testemunhando as obras milagrosas do Senhor na cidade.

“Deus realmente luta nossas batalhas. Os foguetes desaparecem no ar sem chegar às nossas casas e ninguém sabe para onde foram. Os tanques inimigos ficam sem combustível. As tropas russas se perdem e pedem comida e direções aos nossos moradores – isso é definitivamente Deus porque estamos lidando com o segundo exército mais forte do mundo…”, afirmou Igor.

O pastor na Bielorrússia revelou que os crentes no país estão desapontados por usar seu território como um “terreno de invasão” de uma “nação amiga”. Isso porque, o exército russo tem entrada no norte da Ucrânia por meio deste país.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página