in

Templo de Salomão pode ser demolido pela prefeitura de São Paulo

Templo de Salomão também abriga residência do bispo Edir Macedo.
Templo de Salomão também abriga residência do bispo Edir Macedo.

A Igreja Universal do Reino de Deus passou por apuros recentemente com seu “Templo de Salomão”. A grandiosa construção, que custou quase 700 milhões de reais, pagos pelos fieis da igreja evangélica, correu o risco de ser demolida pelo poder público.

Publicidade

Tudo por conta das irregularidades da edificação, que começou a ser erguida sem a correta autorização da prefeitura. A Igreja Universal solicitou um alvará de reforma de um galpão, que havia sido demolido 2 anos antes. No entanto, o certo seria ter pedido um avará de construção, já que esse era o real motivo.

Templo de Salomão também abriga residência do bispo Edir Macedo.
Templo de Salomão também abriga residência do bispo Edir Macedo.

Além disso, o Templo de Salomão foi erguido num espaço que deveria ser destinado à construção de moradias para pessoas carentes, segundo prevê o Plano Diretor da Cidade de São Paulo. A Igreja Universal chegou a dizer que doaria um terreno de 17 mil KM² para a construção dessas residências, o que nunca foi feito.

Após o Ministério Público ameaçar acionar a Justiça para pedir a demolição do prédio, a denominação do bispo Macedo resolveu fazer um acordo com a entidade. UM TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) foi assinado pelo MP, a prefeitura de São Paulo e a Igreja Universal, onde esta última se compromete a dor moradias populares em um terreno vizinho à Igreja Universal.

PUBLICIDADE

A prefeitura de São Paulo divulgou, inclusive, uma nota oficial explicando os detalhes do acordo: “O TAC estabelece ainda obrigações para as partes envolvidas, inclusive multas pecuniárias para a Igreja Universal, em caso de não cumprimento das mesmas, bem como estabelece as obrigações da Prefeitura de São Paulo quanto ao licenciamento, a fim de que a situação seja resolvida no prazo máximo de dois anos, a partir da assinatura do acordo.”

Só quando o acordo for cumprido, num prazo máximo de 2 anos, o Templo de Salomão receberá seu alvará definitivo de funcionamento. 

Tadeu Ribeiro
[email protected]

Publicidade
Carro de guitarrista gospel foi encontrado em ribanceira.

Urgente: Guitarrista de Aline Barros é achado morto e gospel lamenta

Pastor gay comenta preconceito na igreja evangélica: “Deus nos aceita”