Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Terremoto de 7,3 de magnitude atinge Japão e gera alerta de tsunami

Publicado

em

Mapa da região mostra epicentro do terremoto que atingiu a costa leste do Japão nesta quarta-feira (16) - Foto: Reprodução

Um terremoto de 7,3 graus de magnitude sacudiu o leste do Japão, na noite de quarta-feira (16/03) – final da manhã no Brasil. O tremor foi sentido na capital Tóquio e nas cidades de Miyagi, Iwate e Tohoku, provocando um alerta de tsunami. A informação é da Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O epicentro, segundo o JMA ocorreu em uma área próxima a Fukushima, área devastada por um tremor em 2011, e teve uma profundidade de 60 quilômetros.

O horário do primeiro sismo foi 23h36 (11h36 na hora de Brasília) e a JMA classificou o terremoto como nível seis de gravidade em uma escala que vai até sete.

Com o terremoto, cerca de dois milhões de lares na região estão sem energia, segundo a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio. A companhia informou que também está monitorando as usinas de Fukushima, onde, em 2011, um maremoto provocou um dos maiores acidentes nucleares da história do país.

Vale lembrar que o Japão está localizado no chamado Círculo do Fogo do Pacífico, um arco de intensa atividade sísmica que abrange parte do Sudeste Asiático e a bacia do Pacífico, onde as placas tectônicas colidem.

Em 2011, um terremoto de 8,9 graus atingiu a mesma região de Fukushima, provocando um tsunami com ondas de mais de 10 metros de altura. O desastre ambiental provocou uma terceira tragédia: um vazamento de material radioativo da central nuclear e o derretimento de três dos seis reatores nucleares do local.

Na época, mais de 16 mil pessoas morreram por conta da tríplice tragédia e mais de 160 mil foram obrigadas a abandonar suas casas por conta da radiação e da destruição provocada pelos eventos naturais.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página