Conecte-se conosco

Música Gospel

Ton Carfi rebate críticas após lançar trap: “Por que demonizam estilos de origem negra?”

Publicado

em

Ton Carfi lançou na última terça-feira (12/04), uma versão trap de “Joquebede” - Foto: Reprodução/YouTube

O cantor gospel Ton Carfi, de 39 anos, lançou na última terça-feira (12/04), uma versão trap de “Joquebede”. O videoclipe, já foi visto mais de 150 mil vezes no YouTube, e teve a participação do compositor e intérprete original da canção, o pastor Israel Santos.

Segundo o portal Gospel Planet, a nova versão teve algumas mudanças sutis na letra, que traça um paralelo entre a vida de Moisés e do jovem que cresceu na favela – bem diferente do hit que caiu nas graças dos usuários do TikTok neste ano.

Trap é um subgênero do rap/hip-hop que surgiu na década de 2000, mas, muitas pessoas estranharam a nova versão criada por Ton. “A letra até vai, mas mano, um clipe desses? Ostentando Marcas? Destacando Marcas pra dizer que ‘venceu’?”, comentou um internauta. “Pergunta é: Cadê o pastor do Ton para orientar sobre embasamento bíblico? Quase boa, se algumas citações não comparasse a heresia”, disse outra pessoa.

Após alguns comentários negativos, o cantor resolveu se pronunciar questionando a diferenciação entre os estilos de origem negra e de origem branca.

“Não consigo entender por que algumas pessoas demonizam todos os estilos musicais de origem negra, como rap, trap e samba, e os estilos de música de origem branca são aceitos como se fossem a adoração que Deus quer. O worship nada mais é que o rock inglês contido em várias bandas do ‘mundo’. A música pentecostal é o forró, até as músicas da harpa quando foram escritas eram do mesmo gênero musical das músicas seculares da época”, disse Ton.

Ele também disse que essa demonização da música negra faz parte da “cultura de destruição da cultura negra e todas as suas vertentes”. O artista da Som Livre explicou ainda aos que “adoração não é música”.

“Adoração é uma atitude que começa no seu coração. Não é estilo musical. A Bíblia nunca disse isso. Não é porque você não gosta que não “serve”. Não é porque você não sentiu um arrepio que Deus não está lá. Você não é Deus e não conhece os pensamentos de Deus. Parem de julgar segundo a aparência, pois Deus está olhando o coração!”, finalizou. Assista o videoclipe polêmico:

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página