Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Vereador e cunhado de Lucas Roque se diz em choque com as denúncias: “Deve pagar pelos erros”

Publicado

em

Felipe Cézar, vereador de Vitória de Santo Antão (PE), e o cantor Lucas Roque acusado de assédio e importunação sexual - Foro: Reprodução/Redes Sociais

Felipe Cézar, vereador de Vitória de Santo Antão, cidade de 140 mil moradores de Pernambuco, se pronunciou a respeito do escândalo envolvendo o cantor gospel Lucas Roque, da dupla com Gabriel. Ele é irmão de Ruth, esposa do cantor.

O vereador foi muito cobrado nos últimos três dias quando surgiram as primeiras denúncias contra o cantor. Lucas teria assediado vendedoras de algumas lojas de um shopping de Vitória de Santo Antão, e, segundo relatos das mulheres, ele chegou a mostrar o seu órgão sexual para elas.

Cézar, que é um dos vereadores mais atuantes da cidade, disse que foi pego de surpresa pelas denúncias. De Brasília, o político disse que repudia veemente “qualquer que seja o ocorrido pelo ‘cantor gospel’ em nossa cidade”. Muitos portais, principalmente da região, não têm citado diretamente Lucas nas manchetes, mas que um “cantor gospel” teria cometido assédio na cidade.

“Queridos, segunda-feira fui pego de surpresa com uma avalanche de informações que estou tentando manter a calma e pedindo orientação a Deus em tudo que faço, e em respeito às mulheres de minha cidade, repúdio veemente qualquer que seja o ocorrido pelo ‘cantor gospel’ em nossa cidade”, disse o vereador que é cunhado de Lucas Roque.

De acordo com ele, as notícias pegaram ele e toda a família de surpresa e que se colocou à disposição das vítimas para dar qualquer que seja o suporte psicológico e social. Além disso, falou que conhece o Lucas desde pequeno e está com o coração partido diante das denúncias.

“Conheço o Lucas desde criança, sempre o apoiei pelo fato de ser uma criança, abandonada pela mãe, humilde, sem condições, com um talento maravilhoso que sempre foi usado para glorificação do reino de Deus”, escreveu ele. “Confesso que não conhecia o Lucas que está sendo denunciado, nunca imaginei que isso pudesse acontecer e não vejo motivos para que isso tivesse acontecido, nada justifica”.

O vereador finalizou dizendo que acredita no arrependimento e no perdão, mas que neste caso não ficará impune, e que “quem errou deve pagar pelos erros”.

“Peço oração por minha família, em especial por Ruth, que não saiu do lado de Lucas um minuto e respeitamos a decisão dela; Orem pelas vítimas, e orem pelo Lucas também, para que Deus o restaure e o transforme por completo”, finalizou ele.

SOBRE O CASO

Surgiram na web relatos de mulheres que teriam sido vítimas do cantor. Uma das mulheres disse, em entrevista à TV Jornal, que Lucas pediu para experimentar uma roupa no provador e perguntou se ela poderia vestir ele. Com a negativa, o cantor teria se dirigido ao provador sozinho, e pouco tempo depois, chamou a vendedora para perguntar se a calça ficou boa. Ao puxar a cortina do provador, a vendedora se deparou com Lucas nu e com o órgão sexual ereto.

Outra vendedora disse que foi abordada no final do expediente. Ela já estava encerrando o atendimento na loja onde trabalha quando foi abordada pelo cantor. Assim como da outra vez, Lucas pediu para experimentar uma calça, e no final saiu do provador com o órgão ereto, tocando na região.

Segundo as vítimas, Lucas teria assediado outras mulheres em pelo menos nove lojas do mesmo shopping. O cantor ainda não se manifestou sobre as acusações, e não tem respondido a imprensa.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página