Conecte-se conosco

Minas Gerais

Vereadora denuncia conteúdo de erotização em exposição em BH

Publicado

em

Vereadora de Belo Horizonte protesta contra exposição na capital mineira - Foto: Divulgação/Redes Sociais

Flávia Borja, vereadora de Belo Horizonte e candidata a deputada estadual por Minas Gerais, usou as redes sociais na última semana para denunciar uma exposição que, segundo ela, expõe crianças a cenas de nudez.

A exposição “Desnorte” do fotógrafo Bob Wolfenson acontece no centro cultural do Minas Tênis Clube, no bairro de Lourdes, região Centro-Sul da capital mineira. A vereadora, que é defensora de pautas cristãs, conta que recebeu uma denúncia de que crianças estavam sendo expostas à conteúdo de erotização na exposição no local.

Em um vídeo, publicado por Borja nas redes sociais, é possível observar que a vereadora aborda uma senhora não identificada e pergunta se ela sabe que a instituição está cometendo crime e pode ser processada. “É corrupção de menores. Vocês estão expondo as crianças a cenas de nudez”, diz.

“Recebi uma denuncia de que crianças estavam sendo expostas à conteúdo de erotização em uma mostra que está ocorrendo no Minas Tênis Clube. Fui lá verificar. As cenas são chocantes e revoltam. Você, pai e mãe, sabe o que tem sido mostrado ao seu filho?”, disse ela.

“Para você que trabalha o dia inteiro e tem no ambiente escolar um ponto seguro pode ficar tranquilo, eu estou aqui para te ajudar nessa fiscalização”, escreveu a parlamentar na publicação que acompanha o vídeo.

Segundo Flávia Borja, a Polícia Militar foi acionada e registrou um boletim de ocorrência. Além disso, afirma que irá acionar o Ministério Público.

O QUE DIZ O MINAS TÊNIS

Por meio de nota, o Minas Tênis Clube diz repudiar a atitude da vereadora. A instituição alega que a exposição “foi selecionada pelo Conselho Curador da Galeria de Arte, composto por especialistas em arte, seguindo os padrões das galerias mundiais”.

“Ao contrário do que divulga a vereadora, a exposição não apresenta cenas de nudez explícita ou voltadas à erotização de crianças e adolescentes. Além disso, parte das imagens indicadas no seu vídeo faz parte somente do livro do fotógrafo, que não está diretamente exposto na Galeria de Arte. O livro está apenas disponível para consulta dos interessados, a fim de difundir ainda mais o trabalho do artista”, afirma a instituição.

O Minas Tênis acredita que o vídeo publicado pela vereadora tem “intuito exclusivamente eleitoreiro e oportunista” e explica que “todas as visitas são precedidas de reuniões entre os professores das escolas e a equipe de educadores da exposição, com apresentação prévia do conteúdo e definição dos pontos de abordagem”.

SOBRE FLÁVIA BORJA

Cristã, casada há 30 anos e mãe de três filhos, Flávia Ferreira Borja Pinto nasceu em Belo Horizonte, em 1972. Educadora e graduada em Fonoaudiologia, há 20 anos montou uma escola de educação infantil. Sempre esteve envolvida com projetos sociais, participando de missões cristãs de educação/alfabetização de adultos.

É idealizadora do Projeto Juntos BH, que faz uma ponte entre empresários e voluntários e as comunidades da Vila Sumaré (Região Noroeste) e do Morro do Papagaio (Região Sul) para atendimento de necessidades diversas.

Com 5887 votos conquistados para o primeiro mandato, Flávia Borja se considera “liberal na economia e conservadora nos costumes”. Dentre suas bandeiras estão a defesa da mulher e dos valores cristãos, escola livre de doutrinação, acolhimento da gravidez indesejada, liberdade econômica e melhoria da qualidade do ensino.







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página