Vítima de massacre em Suzano dedicava seu dom a Jesus e à sua igreja

Um das vítimas do massacre ocorrido ontem (13) em uma escola de Suzano, região metropolitana de São Paulo (SP), dedicava sua vida à igreja e aos trabalhos sociais da mesma.

Samuel Melquíades desenvolvia projetos na igreja.
Samuel Melquíades desenvolvia projetos na igreja.

A Igreja Adventista publicou uma nota para afirmar, com pesar, que Samuel, uma das vítimas dos atiradores, era responsável por algumas atividades na instituição, a quem se dedicava.

“Amados! Infelizmente esse desbravador Samuel Melquíades, membro de nossa IASD em Suzano foi uma das vítimas deste triste evento. Que possamos orar pelos familiares, amigos e irmãos de fé deste nosso irmão”, diz o texto publicado pela igreja.

Samuel era encarregado de fazer as ilustrações para a Escola Sabatina Ilustrada, uma espécie de Escola Dominical da denominação.

“Um adolescente talentoso, usando seu talento na obra de Deus, seguindo os passos do pai. Que Jesus conforte seus pais e sua irmã e todos os que perderam seus entes queridos!”, concluiu a nota da Igreja Adventista.

Os dados da tragédia em Suzano (SP) são esses:

Alunos Mortos:

  • Pablo Henrique Rodrigues
  • Clayton Antônio Ribeiro
  • Samuel Melquíades Silva de Oliveira
  • Douglas Murilo Celestino
  • Caio Oliveira

Funcionárias Mortas:

  • Marilena Ferreira Vieira Umezo: coordenadora pedagógica da escola. Era casada. Deixa filhos e netos.
  • Eliana Regina de Oliveira Xavier

Dono da loja de carros:

  • Jorge Antônio Moraes: comerciante, morto antes da entrada dos assassinos na escola; ele é tio de Guilherme, um dos assassinos

Feridos:

  • Adna Bezerra
  • Anderson Carrilho de Brito
  • Beatriz Gonçalves
  • Guilherme Ramos
  • Jennifer Silva Cavalcanti
  • Leonardo Vinicius Santana
  • Leticia Melo Nunes
  • Murilo Gomes Louro Benite
  • Samuel Silva Felix

Assassinos:

  • Guilherme Tauci Monteiro (17 anos)
  • Luiz Henrique de Castro (25 anos)