Conecte-se conosco

Polêmicas

A resposta de Jessé Aguiar aos ataques sofridos na web: “Igreja Hipócrita”

Publicado

em

Jessé Aguiar tem recebido uma avalanche de críticas após vazar um vídeo privado - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O cantor gospel Jessé Aguiar, de 20 anos, voltou a ser o centro das atenções no meio gospel, depois que vazou na internet um vídeo em que aparece cantando um funk dentro de um carro. Ele ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas usou uma publicação de um pastor como resposta contra as críticas que vem recebendo.

Por meio dos stories no Instagram, nesta quarta-feira (04/01), o artista cristão fez questão de publicar uma postagem de um pastor. No post, o líder evangélico traz uma reflexão sobre os ataques que o cantor vem recebendo nas redes sociais nas últimas horas.

Na postagem, o pastor Manuel De Matos diz que sente compaixão de Jessé Aguiar, pois vê “toda hora, ataques contra esse moço, pessoas que se dizem cristãos dizendo: ele é gay, ele saiu do armário, todo mundo já sabia e etc…”, disse ele chamando a igreja de “hipócritas”.

“Quem fala isso não são pessoas evangélicas, ou ‘ÍMPIAS’ como gostamos de falar! Quem fala são pessoas que cantam as músicas do rapaz, estão dentro das igrejas adorando a ‘DEUS’ que não pode ser o Deus da Bíblia!”, escreveu o pastor.

O religioso disse também que não sabe se o cantor é homossexual como muitos estão dizendo, mas que ainda que seja, “qual seria o papel da igreja, julgar e apontar em nome de uma santidade que a maioria nem tem?”.

Publicidade

“SE ‘ELE É’ a diferença entre ele e um montão que estão nos altares pregando e cantando, é apenas uma coisa… Ele está mostrando? Talvez seja um grito de socorro? não sei! Mas existe um monte gays, lésbicas, estelionatários, adúlteros com 1,2,3 nem sei quantas mulheres fora”, continuou.

“Mas sabe qual é a verdade? Podem ter certeza, ter provas mas se a pessoa não confessar não dá em nada! Agora confessou? Já ERA! Os holofotes da hipocrisia se viram para a pessoa e eles matam sem pena! Antes que alguém me apedreje por sua SANTIDADE MUITO ELEVADA! Não fique com minhas palavras,siga o ex de Jesus que ao invés de dar um tapa em Judas, deu um beijo! ISSO É AMAR”, completa o texto.

Por fim, o pastor diz orar pelo cantor: “Que Deus tenha misericórdia dessa ‘IGREJA’ que diz com a boca amar, mas com as práticas que matam em nome de Deus! Se o teu irmão está à beira do abismo ou até mesmo já dentro dele, agarre-o pela mão e o ajude em nome de Jesus!”, disse.

Publicidade

“TEMOS MAIS O QUE FAZER, CHEGA DE MATAR NOSSOS PRÓPRIOS IRMÃOS!”, finalizou ele.

Nos comentários, diversos seguidores parabenizaram o pastor pela palavra, e muitos escreveram palavras de apoio ao artista. O próprio cantor fez questão de comentar, mas se limitando apenas a digitar um emoji de choro.

Nesta terça-feira (03/01), logo após vazar o vídeo, internautas questionaram o cantor sobre o vídeo e muitos criticaram o artista gospel por estar interagindo com uma música mundana e com uma letra bastante polêmica. Entre os comentários, dizia que o outro jovem que aparece no carro seria namorado de Jessé Aguiar.

Publicidade

+ Acessadas da Semana