Filha de cantora gospel revela que foi abusada por homem aos 4 anos

A cantora gospel Vanilda Bordieri compartilhou com seus seguidores nesse fim de semana uma história bastante doída e particular. Sua filha, Eloísa Bordieri, veio à público revelar que foi violentada quando tinha apenas 4 anos de idade, por uma pessoa próxima da família.

FIlha de cantora gospel Vanilda Bordieri foi abusada aos 4 anos.
FIlha de cantora gospel Vanilda Bordieri foi abusada aos 4 anos.

Vanilda Bordieri é candidata à deputada federal pelo partido Patriota (RJ), e disse que, embora relutasse em contar a história de sua filha para não ser usada como arma de campanha eleitoral, viu que era necessário após a própria filha decidir expor. Uma das bandeiras da cantora gospel é a “defesa pela família, e luta contra a pedofilia. Confira abaixo o relato de Eloísa Bordieri sobre a violência que sofreu:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Esse é o Real motivo da minha guerra,do meu desespero da minha angusta.Jamais falaria,mas ela resolveu falar.#Nãoapeeofilia A falta de provas físicas pelo tempo não apaga a dor .E o arquivamento do processo judicial não isenta o culpado.A justiça de Deus não falha.Não me calarei . 5199 Deputada Federal por leis mais rígidas ,por investigação mais detalhada contra os acusados. Oremos pelos nossos filhos.Mães abram seus olhos.Pois o trauma causado pelo abuso é irreparável. @elainemartinsoficial @elaine_dejesus @sorayamoraes @damaresalves1 @cantoralauriete @robinsonmonteiro @bispoabnerferreira @bispoabnerferreira @andrematiaspr @andre_e_felipe @cantora_elianesilva @sandrinhacantora @promotoraelianapassarelli @luisfabianooficial @neymarjr @meldutraoficial @cassianecantora @htannure @pramidianlima @pastorahelenaraquel

Uma publicação compartilhada por Vanilda Bordieri 5199 (@vanildabordieri) em

Vanilda Bordieri, posteriormente, publicou ao seus seguidores que não conseguia comentar o episódio porque sempre se abalava, por isso decidiu escrever. E disse que sua filha só a contou sobre o fato, que ocorreu aos 4 anos da criança, muito tempo depois, pois sentia medo.

A cantora gospel disse ainda que sente bastante pesar, pelo fato do violentador estar solto até hoje, por falta de provas: “Fui atrás de políticos, pastores, psicólogos, e ninguém pôde fazer nada, por falta de provas. Mesmo tendo influência e conhecimento, não consegui ajudar minha filha em nada…”, conta ela.

Por fim, ela pediu orações para ela e sua filha: “Orem por nós. A pedofilia deixa traumas irreparáveis na vítima e em quem não conseguiu protegê-la”, concluiu a cantora, que disputa o voto dos eleitores evangélicos com outras candidatas ao Congresso Nacional que são cantoras gospel. Confira abaixo o relato de Vanilda Bordieri:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Esse é motivo do meu choro, não consegui falar.

Uma publicação compartilhada por Vanilda Bordieri 5199 (@vanildabordieri) em

Tadeu Ribeiro
[email protected]