in

Culto evangélico fechado pode ter alastrado Coronavírus por toda a França

Uma igreja evangélica na França está sendo apontada por autoridades médicas como a responsável por ter proliferado o vírus do Covid-19 (novo Coronavírus) para as demais regiões do país. As informações são do Le Monde.

Publicidade

The Christian Open Door é uma igreja pentecostal localizada no popular distrito de Bourtzwiller, em Mulhouse, cidade francesa na fronteira com a Alemanha.

O Covid-19 acabou se alastrando da cidade de Cotentin (Norte da França) para a Córsega e Guiana Francesa, após mais de 2.000 pessoas (incluindo cerca de 300 crianças) vindas de toda a França, inclusive do exterior e de países vizinhos como Suíça, Bélgica e Alemanha, participaram da Semana de Jejum e Oração, organizada pela igreja, ocorrida entre 17 e 24 de fevereiro.

Ao retornarem a seus locais de origem, segundo o Le Monde, os fieis levaram consigo o vírus do Covid-19 para lugares que antes estavam livres da doença.

O pastor da igreja em questão, Samuel Peterschmitt, também está infectado pela doença, assim como outros 20 membros de sua família. Um dos filhos relatou ao jornal francês que todos estavam na conferência de jejum e oração: “Não moramos na mesma casa, mas estávamos todos, filhos e netos, na igreja durante a Semana de Jejum e Oração”, disse.

PUBLICIDADE

Como não há registros de todos os que participaram do evento, e que pode chegar a 2.500 pessoas, o pastor da igreja emitiu um comunicado pedindo que todos os que participaram e apresentam algum tipo de sintoma da Covid-19, se manifeste para que seja investigado um possível contágio.

A igreja evangélica já avisou em suas redes sociais que os cultos presenciais estão suspensos até o dia 18 de março, e só se reunirão através da internet até lá.

Aqui no Brasil, o pastor Silas Malafaia orientou os fieis e sua igreja a evitarem contatos físicos como apertos de mão, abraços e beijos no rosto, para seguir orientação da Organização Mundial da Saúde. Só aqui no Brasil, o Ministério da Saúde já confirmou 31 casos do vírus.

Publicidade

Vocalista do Preto no Branco diz que meio gospel é machista e homofóbico

Não dê ouvidos às críticas de pessoas que nunca construíram nada de valor