Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Evangélico, vice de Trump critica tentativa de golpe e reconhece vitória de Biden

Publicado

em

O senador republicano Jim Inhofe, de Oklahoma, disse que o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, ficou “muito magoado” com os ataques feitos a ele pelo presidente Donald Trump. Mike Pence é evangélico e referência entre os conservadores do mundo inteiro, e foi eleito com Trump em 2016 para governar os EUA, sendo grandes aliados.

Ontem, Trump criticou seu vice por “não ter a coragem de fazer o que deveria ser feito para proteger o país”. Pence vinha sendo pressionado pelo presidente para não reconhecer o resultado da eleição que teve Joe Biden como vencedor.

O vice, no entanto, declarou que defenderia a Constituição e que não impediria a certificação da vitória do democrata.

Inhofe, amigo de longa data de Pence, contou que teve uma conversa com ele na qual o vice expressou sua frustração com o companheiro de chapa.

“Eu conheço Mike Pence desde sempre. Nunca vi Pence tão bravo como hoje”, declarou Inhofe na noite de ontem ao jornal Tulsa World.

Já ao The Oklahoman, o senador relatou que Pence disse a ele “o quanto isso (o ataque de Trump) o magoou. E magoou mesmo. Eu poderia dizer pela maneira como ele estava falando. “

Ele disse que o vice ainda descreveu a reação do mandatário como “injusta”. “‘Sabe, por quatro anos, fiz tudo o que o presidente queria. Eu fui seu aliado mais próximo, nunca discordei dele'”, acrescentou o senador sobre o que o vice teria lhe falado.

Ontem, Washington viveu momentos de terror com a invasão de apoiadores do presidente ao Capitólio, onde o Congresso se reuniu para certificar a vitória de Biden. Segundo a polícia, quatro pessoas morreram.

Momentos antes da invasão, Trump havia insuflado seus apoiadores a se manifestarem contra a proclamação da vitória de Biden com um discurso na capital americana. Pence, que presidia a sessão, foi retirado do local por seguranças.

A sessão foi retomada por volta das 20h locais (22h de Brasília) com um pronunciamento de Pence: “Aqueles que causaram estragos em nosso Capitólio hoje, vocês não venceram. A violência nunca vence. A liberdade vence. Esta ainda é a casa do povo. Ao nos reunirmos nesta câmara, o mundo testemunhará novamente a resiliência e a força de nossa democracia.”

O Congresso certificou, na madrugada de hoje, a vitória Biden. Minutos após a decisão, Trump disse que haverá uma transição ordeira quando o democrata tomar posse como novo presidente em menos de duas semanas, no dia 20 de janeiro.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página