Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Ex-tiktoker gospel Eddy Jr. é vítima de racismo e é ameaçado por vizinhos

Publicado

em

O humorista e músico Eddy Junior, de 28 anos, denunciou pelas redes sociais que foi vítima de um ataque racista de uma vizinha do condomínio onde vive na Barra Funda, Zona Oeste da cidade de São Paulo. O relato aconteceu na noite de segunda-feira (17/10).

Segundo Eddy, o desentendimento com a moradora começou após ela se recusar a entrar no mesmo elevador que uma pessoa negra. No Instagram, afirmou ter sido xingado de “macaco, imundo, feio, urubu e neguinho perigoso”.

O humorista contou que desde abril é alvo de reclamações da vizinha por barulho em seu apartamento na madrugada, em horários que, segundo ele, estava dormindo ou até fora de casa.

“Era 2h da manhã, desci com a minha cachorra para ela fazer as necessidades. Na hora que eu ia subir, encontrei com essa vizinha. Foi uma coincidência muito grande. Eu ia entrar no elevador e ela disse que não ia entrar no mesmo elevador que eu. Eu poderia usar o elevador do lado, mas não sou obrigado a mudar de lugar só porque uma mulher racista não quer que eu use o mesmo elevador que ela”, disse o humorista.

“Antes de eu começar a gravar, ela falou várias coisas. Ela falou várias vezes ‘como você tem dinheiro para morar aqui’, ‘não sou obrigada a morar no mesmo lugar com esse tipo de gente igual você’”, completou.

“Macaco, imundo, feio, urubu, neguinho, um ‘perigoso’ que não merece morar aqui, uma pessoa que oferece riscos para os moradores desse condomínio. Foi isso tudo que eu tive que ouvir ontem por ser preto. Para finalizar, tive que ficar dentro da minha casa sofrendo ameaça de morte e calúnias sobre mim novamente por ser preto”, disse no relato publicado na rede social.

Eddy Jr. compartilhou também vídeos em que aparece sofrendo ameaças e ofensas racistas. Na sequência, Eddy mostra um protesto da moradora na porta de seu apartamento. Além de ser ameaçado, o artista também foi acusado de roubar itens de outros moradores.

AMEAÇAS COM FACAS

O sistema de monitoramento do prédio registrou ao menos duas ocasiões em que a aposentada e um filho dela estavam na porta do apartamento dele com uma faca e uma garrafa.

As imagens obtidas pelo portal g1, são dos dias 1º e 7 de setembro. Em 1º de setembro, por volta das 3h50 da madrugada, o filho da vizinha aparece com uma faca em frente ao apartamento de Eddy. Ele chega a brincar com o objeto, a apontar para a porta e a batê-lo na parede.

Uma semana depois, novamente durante a madrugada, às 3h03, mãe e filho aparecem nas imagens do quinto andar aparentemente alterados. Os dois permanecem por cerca de 1 minuto, saem e retornam às 3h08. O registro mostra o homem com uma faca presa na bermuda. Eles vão embora em poucos segundos.

Filho de vizinha racista faz ameaças ao humorista Eddy Júnior em frente ao apartamento dele na Barra Funda, Zona Oeste de São Paulo. — Foto: Reprodução

SOBRE EDDY JR.

Eddy Jr. ficou conhecido no meio gospel por ter participado da primeira edição do reality cristão ‘O Retiro’. Evangélico, começou fazendo “humor gospel” nas redes sociais, principalmente no TikTok. Foi então que ele foi chamado para participar do programa liderado pelo pastor Guilherme Batista, em 2020.

O também ator e cantor se destacou no reality, tendo inclusive, sido um dos finalistas do programa naquele ano. Ele emocionou o público após ganhar um smartphone de presente de uma participante, por não ter condições financeiras, na época.

Pouco depois, ele disse que faria mais sucesso com uma abordagem mais “universal”. Foi quando resolveu parar de criar conteúdo cristão.

Em maio deste ano, o influenciador digital desabafou sobre críticas que têm recebido após deixar de criar conteúdo cristão. Ele detonou os evangélicos e afirma estar de “saco cheio” deste público.







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página