Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Expulsa do BBB, Maria foi acusada de intolerância religiosa durante o programa

Publicado

em

Maria está fora da competição após a agressão que cometeu no Jogo da Discórdia do BBB 22 - Foto: Divulgação/TV Globo

Após a eliminação de Maria do Big Brother Brasil nesta terça-feira (15/02), por descumprir uma das regras do programa, internautas, principalmente evangélicos, lembraram que a atriz chegou a ser acusada de intolerância religiosa dentro do programa.

Na noite da última sexta-feira (11/02), Maria juntamente com Linn da Quebrada se irritou enquanto alguns brothers cantavam o louvor “Faz Um Milagre em Mim” do cantor gospel Régis Danese.

Em seguida, as duas interromperam o louvor cantando trecho de um Ponto do Exu Tranca Rua. Além disso, a participante gritou um palavrão debochando da cantoria dos outros brothers. “Uma hora dessas?! O sino da igrejinha faz blém, blém, blom! Ah, pra p**** gente. Uma hora dessa e fica puxando música?!”.

A música é uma das mais tradicionais cantigas do orixá Exu Tranca Rua da umbanda e do candomblé, que é uma entidade de religiões de matriz africana.

O episódio foi apontado como Intolerância Religiosa por parte de Linn e Maria contra a música cristã. Cantoria gospel já rendeu memes e reclamações nas primeiras semanas do reality.

Após a expulsão de Maria nesta terça, depois de ter agredido Natália durante o jogo da discórdia desta segunda-feira (14/02), internautas voltaram a lembrar da cena de sexta passada. Muitos afirmaram que as participantes apenas cantaram um trecho de uma canção sem ofender ninguém, mas houve quem criticasse as atitudes das duas.

“É intolerância sim pois elas xingam antes de começar a cantar as músicas delas em tom de provocar, não teria problema algum elas cantarem a música da religião delas desde que a motivação não fosse para provocar quem já estava cantando louvores! E se fosse ao contrário só mimi!”, comentou um internauta.

EXPULSÃO

No Jogo da Discórdia desta segunda, os participantes tinham que escolher uma pessoa para direcionar uma placa e fazer uma acusação. Em seguida, o restante da casa dizia se concordava ou não. Se a maioria escolhesse ‘sim’, o acusado levava um balde de água, se a maioria votasse ‘não’, o acusador era quem levava um balde de água.

Na ocasião, a atriz jogou um balde de água suja na designer de unhas e atingiu a cabeça da sister com o objeto. Por causa disso, a direção do programa expulsou a sister nesta terça.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página