Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

“Exu não é diabo”: Em desfile, escola de samba denuncia ‘preconceito’ contra orixá

Publicado

em

Grande Rio desfila com alegorias com material rústico para desmistificar orixá Exu - Foto: Divulgação

Neste domingo (24/04), a Escola de Samba Grande Rio surpreendeu ao homenagear Exu, divindade presente nas religiões de matriz africana que faz ponte entre os humanos e orixás, entre eles a umbanda.

A Grande Rio foi a penúltima escola a passar pela Sapucaí. Rainha de bateria, a atriz Paolla Oliveira foi vestida de Pombagira, considerada a representação feminina de Exu. Após a apresentação da escola, o desfile foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter.

Com o enredo “Fala, Majeté! Sete chaves de Exu”, Gabriel Haddad e Leonardo Bora – que assinam os carnavais do Acadêmicos do Grande Rio, escola de Duque de Caxias (RJ) -, homenagearam o orixá. Para eles, o termo é “equivocadamente associado à figura do diabo no imaginário cristão”.

Segundo g1, as fantasias e outros elementos apresentaram um visual mais rústico, com retalhos, materiais recicláveis e alternativos como papelão. Também, a comissão de frente destacou um ator escalando um imenso globo e chegando ao “topo do mundo”.

Das 29 alas da Grande Rio, uma foi uma reedição do que muito se viu nos carnavais dos anos 60 e 70: uma ala de pandeiristas, com músicos tocando e fazendo malabarismos rodeados por passistas. Além disso, o terceiro carro apresentou cabarés, cassinos, botequins e outros lugares.

O quinto e último carro percorreu a avenida deixando clara a importância da reciclagem: todo o visual dele foi composto de restos de materiais usados no desfile.

QUEM É EXU? INTEGRANTES EXPLICAM

O zelador espiritual Danilo de Oxóssi, um dos integrantes da Grande Rio, foi perguntado sobre o significado de Exu. Ele afirmou que a divindade não é o diabo.

“Exu não é diabo. A maioria das pessoas não sabe o que realmente é o Exu, não estudou o Exu. É o orixá, é o guardião, é o primeiro que come na mesa dos orixás. O último é Oxalá, que é o rei de todos os orixás. E Exu come primeiro do que ele”, explica.

“Exu é quem abre os caminhos da gente, é quem traz a prosperidade, quem traz a fartura para a sua casa. Todo mundo cultua Exu na África pois Exu é um guardião de todos os orixás. Ele é o guardião da gente”, contou ela ao g1.

Segundo ele, depois que a Grande Rio passar pela Sapucaí, “muita gente de casa e das arquibancadas vai ter uma outra visão de Exu”.

Haddad e Bora também falaram sobre o assunto: “Exu é a divindade mais brincalhona, assim como o ser humano. Ele traz essa mistura do que é bom e ruim, pecado e santidade, alegria e tristeza, remédio e veneno”, disse Bora.

“Engana-se quem associa Exu a coisas pesadas, sombrias e maléficas. Ao contrário, ele é uma entidade complexa, cheia de variações e a mais parecida com o homem. Está associado ao carnaval, às festas, às artes e até ao lixo. Não o lixo material, mas o lixo de valores, o resto da sociedade que ninguém quer, que está à margem.”

A escola também contou com a presença de diversos famosos. Além da rainha de bateria, o namorado dela, Diogo Nogueira, também desfilou, e os ex-BBBs Gil do Vigor, Camilla de Lucas, Monique Alfradique, Bianca Andrade, Pocah e David Brazil. Confira fotos abaixo:

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página