in

Flordelis não comparece para instalar sua tornozeleira eletrônica

A deputada gospel Flordelis (PSD) ainda não se apresentou à Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (SEAP) para instalar a tornozeleira eletrônica que a justiça determinou que monitorasse a parlamentar na última sexta-feira (18).

Publicidade

O TJ-RJ enviou notificação para os advogados de Flordelis, mas ainda não obteve confirmação de recebimento.

Flordelis está proibida de sair de casa das 23h as 6h, e deve usar a tornozeleira eletrônica para ser monitorada. A decisão usou por base o fato de que ela quase nunca é encontrada em casa, ou em seu gabinete parlamentar, para receber intimações.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) havia pedido também o afastamento de Flordelis de suas atividades na Câmara dos Deputados, mas o juiz da 3ª Vara Criminal de Niterói (RJ) considerou que apenas o parlamento tem a prerrogativa de decidir pelo afastamento ou não da deputada de suas atividades.

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (23), Flordelis deverá ser ouvida pela Corregedoria-Geral da Câmara dos Deputados, em um processo administrativo aberto contra ela que pode resultar na cassação de seu mandato, por quebra de decoro parlamentar, o que poderia ensejar sua prisão, segundo o MP-RJ.

A deputadas da bancada feminina, Flordelis disse na semana passada que é inocente, e pediu apoio para continuar seu mandato: “Está acontecendo comigo agora uma violência muito grande contra mim por ser deputada federal. Aconteceu um crime na minha casa e eu não cometi tal crime . As acusações contra mim não têm nada a ver, são acusações absurdas “, disse Flordelis. “Queria pedir o apoio das mulheres, que me apoiem, que me ajudem. Eu vou conseguir provar minha inocência. Eu sou inocente”, afirmou.

Publicidade

Arquidiocese do Rio veta clipe de Anitta no Cristo Redentor: ‘Incondizente’

Igreja Deus é Amor suspende pastor que agrediu esposa ao vivo