Cantora gospel Flordelis votará a favor de prisão em 2ª instância

A cantora gospel e deputada federal Flordelis (PSD) anunciou agora há pouco em suas redes sociais que irá votar a favor da chamada PEC da 2ª instância, que visa permitir o cumprimento de pena após a condenação em 2ª instância.

Cantora e deputada gospel Flordelis.
Cantora gospel e deputada Flordelis.

A proposta começou a ser discutida na Câmara e no Senado Federal, após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir ser inconstitucional a prisão de condenados antes do trânsito em julgado dos processos.

“Participo neste momento da reunião na CCJ onde é debatido a PEC 410/2018 da Prisão em 2 instância, sou favorável a PEC pois o objetivo dela é destacamente impedir que a impunidade se perpetue no Estado. Quem comete crime deve ser exemplarmente punido”, disse a parlamentar gospel.

Flordelis é investigada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, em decorrência do assassinato de seu marido, pastor Anderson do Carmo, em junho deste ano.

Dois filhos da parlamentar estão presos, sendo um deles (Lucas dos Santos) réu pela morte do padrasto, aguardando seu júri popular. O outro, Flávio dos Santos, ainda aguarda decisão da justiça sobre se vai ou não à júri.

O Ministério Público do RJ afirmou que a cantora gospel Flordelis adulterou provas, e investiga se ela tem alguma participação no crime. Ela nega qualquer envolvimento, e diz que espera que a justiça esclareça logo que ela é inocente.

Pela última decisão do STF, os crimes violentos, como estupros e latrocínios, além daqueles submetidos à júri popular, obrigam o cumprimento da pena já a partir da 2ª instância, como é hoje. Os outros, como os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, serão analisados caso a caso.