in

Ludmila Ferber tem experiência gospel de arrebatamento e luta por vida

A cantora gospel Ludmila Ferber viveu uma experiência sobrenatural com a também cantora e amiga Fernanda Brum, que compartilhou o trecho com seus seguidores nas redes sociais.

Publicidade

Ludmila Ferber, que enfrenta um grave câncer no pulmão, fígado e ossos há 2 anos, disse que viveu “um tipo de arrebatamento”.

“Eu comecei a orar com ela [Fernanda], e a gente começou a aquecer. O ambiente começa a mudar. Isso é minha experiência. Eu me transportava no meu espírito, isso é um tipo de arrebatamento, minha experiência pessoal com o sobrenatural de Deus. Mas isso tem respaldo na Palavra de Deus. Eu fui transportada a um lugar e eu comecei a dar comandos. Eu estava nesse conchavo da morte, uma luta da morte querendo a minha vida”, recorda.

A cantora gospel, que está testando tratamentos experimentais para tratar seu câncer, já que os métodos convencionais já foram usados, disse que esteve em uma “sala de órgãos”.

PUBLICIDADE

“E eu ouvia, de longe, a Fernanda [Brum] falando ‘amém’. Eu entrei em uma sala cheia de órgãos, num lugar no mundo espiritual que eu nunca havia entrado antes e que nunca ouvi falar na minha vida. Eu vi uma porta e dentro dela eu olhava e começava a ver prateleiras sem fim de órgãos humanos. E a Fernanda disse: ‘É a sala dos órgãos’. Eu fui entrando e a Fernanda perguntou o que eu estava vendo. E eu comecei a contar. Eu pego pulmões novos, eu pego esôfago, pego sangue renovado, pego um novo coração. E quanto mais eu pegava, mais órgãos estavam ali à disposição”, descreveu.

Ludmila Ferber contou que, após viver essa experiência, as dores que ela estava sentindo em seu corpo por conta do câncer desapareceram, pelo menos por um dia, e ela conseguiu dormir tranquilamente, algo que não acontecia há um tempo.

“Deus tem um lugar no reino do Espírito, acredite você ou não. Eu estive lá na sala que se chama sala dos órgãos. Quando eu voltei de todas essa experiência, eu estava de pé. Antes eu estava de cama. E eu dormi até o outro dia sem dor”, disse. Assista abaixo ao momento:

Publicidade

Pastor Everaldo demorou a abrir porta para PF: ‘Não tem dinheiro em casa’

Flordelis implora para não cassarem seu mandato: “Vou pra prisão”