in

Igreja Católica pede na justiça para reabrir santuário de Aparecida (SP)

A Igreja Católica ingressou com uma ação na justiça de São Paulo visando obter autorização para reabrir o Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida, em Aparecida (SP).

Publicidade

O templo é o maior da religião católica, e um dos principais pontos turísticos do país, que atrai milhões de pessoas do Brasil e do mundo todos os anos.

De acordo com o UOL, o santuário foi fechado em 14 de março deste ano, também por decisão da justiça, que atendeu a um pedido do Ministério Público Estadual, com base no distanciamento social, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus.

Em seu pedido atual, a Igreja Católica argumentou que “não há consenso sobre a eficácia do isolamento social como medida de contenção do Covid-19”, e por isso o templo poderia obter autorização para voltar a funcionar.

PUBLICIDADE

“Países como a Suécia não adotaram um mecanismo extremo e sofreram menos do que outros, como a Itália, que adotaram o modelo restritivo estranhamente defendido pela Promotoria. Se o presidente da República diz ‘A’, o governador diz ‘B’, o Ministério Público diz ‘C’ e o STF orienta a ‘D’…, o que o cidadão deverá fazer? Em quem acreditar?”, diz o pedido.

Por meio de nota, o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida afirmou que não questionou o isolamento social, e que estava apenas respondendo judicialmente uma provocação feita pelo Ministério Público, antes da decretação da quarentena pelo governo do estado.

“A retomada da realização de celebrações litúrgicas com a presença do povo, só acontecerá quando o poder público indicar esta possibilidade, bem como a Arquidiocese de Aparecida orientar”, diz o texto.

Publicidade

Soraya Moraes e esposo estão com pulmões curados após vencerem a Covid-19

Homem atropela fiel após padre se recusar a deixá-lo falar no microfone de igreja