in

Madonna defende cloroquina contra Covid-19 e Instagram marca como fake

Madonna, um dos maiores ícones da música pop, causou frisson na madrugada desta quarta-feira (29) após defender o uso da hidroxicloroquina em sua conta no Instagram, para o tratamento da Covid-19.

Publicidade

O vídeo publicado pela artista americana mostra a médica Stella Immanuel, de Houston, afirmando que o medicamento é eficaz para tratar pessoas infectadas pelo coronavírus. O material já havia sido publicado por Donald Trump, adversário declarado de Madonna.

Na legenda, Madonna afirmou que a verdade iria libertar as pessoas, frase comumente repetida por governos de direita, como do Brasil e dos Estados Unidos.

“A verdade vai nos libertar! Mas algumas pessoas não querem ouvir a verdade. Especialmente as pessoas no poder que ganham dinheiro com essa longa busca pela vacina, que foi comprovada e está disponível há meses. Preferem deixar que o medo os controle e deixar que os ricos fiquem mais ricos e que os pobres e doentes fiquem mais doentes. Esta mulher é minha heroína. Obrigado Stella Immanuel”, afirmou.

PUBLICIDADE

A publicação de Madonna, no entanto, foi marcada como “Informação Falsa” pelo Instagram, já que não há evidências concretas da eficácia da hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19. Além disso, o medicamento possui consideráveis efeitos colaterais, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O vídeo foi apagado e depois repostado pelo perfil da cantora pop, até ser apagado novamente, de forma definitiva. Madonna tem recebido críticas nas redes sociais, mas não se manifestou sobre o episódio ainda. Ela destinou mais de R$: 5 milhões de reais para o financiamento de uma vacina contra a Covid-19, semanas atrás.

Publicidade

Anderson Freire perde 15Kg e ‘deboche’ de produtor gospel gera revolta

Mara Maravilha diz que não está afastada de Deus: ‘Estou tão abençoada’