Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Marco Feliciano é expulso do partido após gastar 157 mil reais com dentes

Publicado

em

O pastor e deputado federal Marco Feliciano foi expulso pelo Podemos da sigla, após uma série de acusações, dentre as quais se destaca o tratamento dentário feito por Feliciano no valor de 157 mil reais, pagos com dinheiro público.

Deputado Marco Feliciano.
Deputado Marco Feliciano.

A decisão que culminou na expulsão do parlamentar foi tomada pela direção de São Paulo, e Marco Feliciano pode recorrer à diretoria nacional do partido. Como foi expulso, o parlamentar não perde o mandato e pode migrar para outra sigla.

O Podemos alegou ainda como justificativa para a expulsão o fato do pastor-deputado ter declarado “apoio irrestrito” ao presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), e ter se envolvido em acusações de assédio.

Meses atrás, o jornal O Estado de S. Paulo revelou que Marco Feliciano gastou 157 mil reais, advindos dos cofres públicos, para custear um tratamento dentário, que de início foi negado pela área técnica da Câmara dos Deputados, mas que foi autorizado depois por uma comissão de deputados.

Especialistas ouvidos pelo jornal disseram que o valor é exorbitante para o tratamento feito, afim de tratar bruxismo.

Por conta do tratamento, o pastor está sendo alvo de uma ação popular na Justiça Federal, que pede que o parlamentar devolva ao povo o dinheiro gasto no procedimento odontológico.

Em nota, o deputado Marco Feliciano disse que está orgulhoso de ser expulso da sigla, e diz que não cometeu irregularidades.

“Os motivos elencados pelo partido para me expulsar são todos mentirosos. Afinal, se fossem verdade, teriam que expulsar quase todos os deputados federais, pois como eu pediram à Câmara ressarcimento de gastos em saúde”, afirmou ele que em outra mensagem disse: “Jamais cometi qualquer irregularidade na minha vida pública”, afirmou.

]]>
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página