Marco Feliciano lamenta suicídio de jovem pastor: ‘Difícil perder um filho’

O pastor Marco Feliciano, que também é deputado federal (PODE-SP), lamentou o suicídio de um dos pastores de sua igreja, a Assembleia de Deus Catedral do Avivamento.

Marco Feliciano lamentou morte de jovem pastor que ele tinha como filho.
Marco Feliciano lamentou morte de jovem pastor que ele tinha como filho.

Rafael Octávio, ligado à igreja e sob liderança de Marco Feliciano, acabou tirando a própria vida ao pular de uma ponte essa semana, na cidade de Orlândia (SP). Rafael era um pastor muito jovem, e enfrentava uma grave depressão, que estava sendo tratada, mas que não obteve resultados positivos.

Marco Feliciano usou suas redes sociais para lamentar o ocorrido, e chamou Rafael Octávio de “filho espiritual”, a quem era próximo: “Lamento o ocorrido! Como é grande a dor de perder um filho espiritual”, disse.

O pastor evidenciou que muitos pastores cuidam dos problemas espirituais das outras pessoas, mas não recebem ajuda de mais ninguém para cuidar dos seus próprios.

“Como é grande o peso de cuidar de tantas almas doentes e nem sempre ter alguém para cuidar da nossa própria! Quero pedir a você que nesse momento ore pela família Octávio e por seu líder espiritual, seja ele padre ou pastor”, afirmou.

O jovem pastor era íntimo de Marco Feliciano e de sua família, e estava afastado de suas funções pastorais para se dedicar ao seu tratamento anti-depressivo.

Tadeu Ribeiro
[email protected]