in

Padre causa acidente e confessa: ‘Tomei vinho depois da missa, acontece’

O padre Paulo Gulievicz, de uma igreja ortodoxa ucraniana localizada em Curitiba (PR), envolveu-se em um acidente de carro na madrugada desta terça-feira (11), e deixou 1 pessoa ferida. O teste do bafômetro detectou álcool no organismo do sacerdote.

Publicidade

Segundo as informações, ele colidiu com o carro de um motorista de aplicativo, e fugiu do local a pé, sem prestar socorro, mesmo vendo que a vítima do outro carro se feriu.

Minutos depois, o padre retornou ao local do acidente acompanhado de seu irmão, segundo a Record TV Curitiba, e fez o teste do bafômetro, que detectou 0,23 miligramas de álcool por litro de ar expirado. O religioso confessou que bebeu e disse que era normal.

“Eu fui para casa [após a colisão] tomar remédio porque eu tenho problema de pressão alta, antes que eu infartasse. Daí eu retornei […] Eu tomei vinho depois da missa e da comunhão. Isso acontece, todo sacerdote depois da missa tem que tomar”, defendeu-se.

PUBLICIDADE

O motorista de aplicativo que estava no outro veículo acidentado precisou ser encaminhado ao Hospital do Trabalhador para tratar dos ferimentos. Uma irmã da vítima, Neusa Borges, ficou revoltada com a atitude do padre.

Mas como o índice de álcool detectado pelo bafômetro foi abaixo de 0,34 mg/L, o padre não foi preso, embora sofra sanções administrativas, como o pagamento de multa e a suspensão de sua CNH.

Publicidade

‘Máscara de brilhantes’ da filha de Valdemiro Santiago gera críticas

Alok rejeita R$10 milhões de pastor para fazer clipe gospel de ‘cura gay’