in

Pastor que pediu para jovens se abraçarem em culto pega Covid-19

O pastor Denilson Fonseca, da Igreja Comunidade Cristã Aliançados, em Campo Grande (MS), testou positivo para a Covid-19, após sua denominação sofrer críticas por promover aglomerações durante a pandemia.

Publicidade

Segundo o Campo Grande News, no dia 18 de junho um pastor da igreja pediu durante um culto de jovens que eles se abraçassem, contrariando as recomendações das autoridades de saúde do Brasil e do mundo. Além disso, os fieis estavam sem máscaras, segundo a reportagem.

O pastor Marcos de Jesus, que também pastoreia na igreja, foi quem deu a informação sobre a infecção do pastor Denilson pela doença. Segundo ele, o religioso estava em viagem com a família quando sentiu que estava doente.

“Hoje ele encontra-se internado, sendo medicado, respondendo bem à medicação. A pastora Eliza está em casa com as crianças em quarentena, fazendo o período de repouso”, disse em comunicado.

PUBLICIDADE

A Comunidade Cristã Aliançados publicou nesta segunda-feira (17) que estava preparada para receber os fieis em seu templo, e que adota todas as medidas de contenção contra o Coronavírus.

Até às 08h desta terça-feira (18/08), o consórcio de veículos de imprensa formado pelo Grupo Globo, Estadão e Folha/UOL, anunciou o número de 3.363.807 pessoas infectadas em todos os estados e no DF, com 108.696 mortes em todas as regiões do país, pela Covid-19.

Publicidade

Tio que engravidou criança de 10 anos é preso em Belo Horizonte

Primo de Michelle Bolsonaro pede perdão por exposição: ‘Ficou chateada’