Conecte-se conosco

Mundo Cristão

“Por que você não vai morar em Cuba ou Venezuela?”, responde André Valadão a seguidor

Publicado

em

Não é de hoje que o pastor evangélico e cantor gospel André Valadão tem orientado seus seguidores e fãs através da famosa caixinha de perguntas do Instagram. São inúmeras respostas dadas aos internautas desde o início da pandemia, quando a prática virou febre na rede social.

Muitas das respostas já renderam críticas ao líder da Igreja Batista da Lagoinha Orlando. Outras são divertidas a ponto de serem compartilhadas entre os seus mais de 4,5 milhões de seguidores.

Nesta segunda-feira (27/09), por exemplo, o pastor, de 43 anos, compartilhou uma resposta sobre política. Na ocasião, o pastor recebeu uma crítica sobre o apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

“Pastor, já que você admira tanto o Bolsonaro, vem morar aqui no Brasil, passar necessidade com os brasileiros”. Em resposta, André Valadão frisou o fato de que morou no Brasil por mais de 40 anos, onde trilhou seu ministério de ponta-a-ponta do país.

“Eu já morei 40 anos e moraria de novo. Agora, já que você não gosta dele, por que não vai morar em Cuba ou na Venezuela? Vai você!”, rebateu ele.

Valadão finalizou a resposta dizendo que apoiar Bolsonaro é adotar um posicionamento ‘muito além’.

“É sobre a família tradicional; não à ideologia de gênero; não à legalização das drogas; não ao aborto; não ao feminismo; não à política de esquerda; sim à liberdade expressão; sim à liberdade de culto e por aí vai”, finalizou.

OUTRAS RESPOSTAS

Como informamos acima, muitas de suas respostas já renderam críticas a André Valadão. Outras são divertidas. Como é o caso de uma pergunta respondida por André em junho deste ano, quando ele disse que não era pecado matar por legítima defesa.

Outro caso que gerou polêmica foi uma resposta que o artista gospel deu a um usuário sobre nanismo. “Pastor, estou namorando uma anã. Será que é presente de Deus ou só uma lembrancinha?”, perguntou um seguidor. O pastor deu uma risada e respondeu: “que não poderia falar assim com uma anã. Tem gente que é grande demais e tem gente que é pequena demais, ué? Não pode falar assim não, mas é engraçado”, disse ele.

O vídeo chegou até a delegada da Associação de Nanismo Brasil (Annabra), Livia Vasconcelos, que considerou a resposta de André Valadão como “infeliz” e chamou o pastor de “superpreconceituoso”.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página