Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Tapa de Will Smith em Chris Rock no Oscar repercute no gospel

Publicado

em

Pastores reagem a tapa de Will Smith em Chris Rock - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Repercute em todo o mundo o tapa que o ator Will Smith deu em Chris Rock no Oscar 2022. Will parou a cerimônia, subiu ao palco e agrediu o comediante, após ele — que estava apresentando os indicados a Melhor Documentário — fazer uma piada sobre o visual da mulher de Smith, Jada Pinkett-Smith.

Imediatamente, a cena viralizou na internet e foi o assunto mais comentado nas redes sociais neste domingo (27/03), e nesta segunda-feira (28/03). Apesar das pessoas não conseguirem entender se o momento foi combinado ou se foi real, a agressão rendeu memes, reflexões, e muita discussão.

Até pessoas do meio cristão comentaram o episódio nas redes sociais. Alguns apoiaram a decisão de Smith justificando que ele encontrou um meio de defender a esposa. No entanto, houve quem discordasse e criticasse a agressão cometida por ele. A pastora Sarah Sheeva foi uma das que se manifestaram.

Sarah escreveu no Instagram: “Um homem (heterossexual) que não se identifica com a reação do Will, certamente é ou será um péssimo marido”, postou a pastora que completou dizendo não é contra violência, porém, ‘como posso julgar a reação de um marido defendendo a autoestima de sua mulher doente?”, justificou.

Segundo a pastora, a intenção de Will foi proteger a mulher dele dizendo que a piada tem limite, e que toda ação receberá uma reação.

“Quem fala o que quer, precisa estar pronto para ouvir (ou receber) o que não quer. Em minha opinião, ele mereceu, e com certeza ‘aprendeu a lição’, e nunca mais vai repetir uma ‘brincadeira’ idiota dessas”, afirmou a pastora.

Francisco Caldas, coach cristão com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, apoiou o ato de Will Smith após a confusão. Ele justificou que, Will como esposo, agiu certo ao defender sua esposa da ‘piada de mal gosto’. “A palavra de Deus diz ireis mas não pequeis. Lembro quando Jesus irado tirou todos da frente do templo com um chicote de couro”, iniciou ele.

“Algumas coisas são sagradas e a família é uma delas, não mexa com a esposa de um leão, não mexa com a família de alguém nem todos no mundo tem inteligência emocional ou sangue de barata para ouvir algo desse tipo e ficar quieto”, finalizou Francisco.

Pelos stories do Instagram, o pastor da Vivo Por Ti, Anderson Silva, escreveu sobre o caso após um seguidor pedir a opinião do religioso sobre “a defesa” de Will para com a sua esposa. “Defender a esposa? Não foi ele quem entregou ela a outros homens em relacionamento aberto? Nem quero perder meu tempo com isso!”, escreveu Silva.

Vale lembrar que Will vive um relacionamento aberto com a sua esposa, ou seja, ele pode ter várias parceiras fora do casamento com Jada Pinkett Smith.

Durante o Oscar, Chris Rock disse que a esposa de Will Smith estava parecendo G.I. Jane, personagem de Demi Moore no filme “Até o Limite da Honra”, em que a soldado tem o cabelo raspado. Will Smith, então, se levantou, foi até o palco e deu um soco em Chris Rock. Depois ele ainda reforçou para que ele tirasse o nome de sua esposa da boca.

Jada Smith está com os cabelos raspados, uma decisão que tomou em dezembro de 2021, após sofrer durante muitos anos com a perda de cabelos. A apresentadora do programa “Red Table Talk” decidiu aceitar a situação, já que sofre de alopecia, e contou aos fãs que enfrentaria a calvície de frente.

Após toda a polêmica, uma foto de Will celebrando sua vitória de Melhor Ator ao lado de sua família repercutiu pela web. O clique foi feito por Mark Alan Seliger, fotógrafo americano conhecido por registrar retratos, veja abaixo:

Will Smith e família — Foto: Instagram/@Mark Seliger

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página