in

Teste nasal para Covid-19 foi tão profundo que fez cérebro de mulher vazar

Um teste de saliva, realizado para detectar contaminação pelo novo coronavírus, foi tão profundo no nariz de uma mulher que fez o cérebro dela vazar. O estudo que relata o caso foi publicado nessa quinta-feira (1°/10), no JAMA Otolaryngology Head & Neck Surgery. As informações são do Metrópoles.

Publicidade

Segundo a publicação, uma paciente de cerca de 40 anos procurou um hospital após ter coriza, dor de cabeça, rigidez no pescoço, fotofobia e sentir um gosto metálico na boca.

Ela explicou ao médico que havia feito um teste para Covid-19, antes de uma operação de hérnia, e que havia começado a se sentir mal dias depois, com dores de cabeça e vômitos.

A paciente foi encaminhada aos hospitais da Universidade de Iowa, onde descobriram, por meio de tomografia e ressonância magnética, uma massa no meio da cavidade nasal direita.

A equipe médica, liderada pelo Dr. Christopher Blake Sullivan, drenou a massa e constatou vazamento de líquido cefalorraquidiano (LCR), que se encontra no cérebro e na coluna. Segundo os médicos, foi o primeiro caso do tipo que presenciaram.

A mulher se recupera bem, mas ainda está em acompanhamento neurológico. O teste de esfregaço nasal é um dos métodos mais comuns para detectar Covid-19. O teste envolve a coleta de secreção utilizando um swab, que é um cotonete comprido, na parte interna do nariz e na parte posterior da garganta. Ele é indolor, mas pode causar incômodo.

Publicidade

Justiça bloqueia R$ 2 milhões em bens dos ex-patrões da mãe do menino Miguel

Flordelis não se apresenta e juíza autoriza força policial para instalar tornozeleira