Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

“Uma vergonha”, diz Silas Malafaia sobre invasão de igreja liderada por vereador

Publicado

em

Silas Malafaia protestou contra o vereador Renato Freitas (PT), que liderou uma invasão à Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Curitiba - Foto: Reprodução

Líder da ADVEC, o pastor Silas Malafaia, resolveu comentar o episódio da invasão à Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Curitiba, no último sábado (08/02). Malafaia fez questão de criticar o vereador Renato Freitas (PT), responsável por comandar a manifestação naquele dia.

As imagens da invasão repercutiram nas redes sociais e foi assunto das mídias sociais nos últimos dias. Renato foi o responsável por liderar a manifestação que tinha o objetivo de protestar contra o racismo em razão do assassinato de Moïse Mugenyi.

No entanto, a invasão gerou uma onda de reações negativas à conduta do parlamentar. Movimentos conservadores, cristãos e de direita protestaram na internet, entre eles o pastor Silas Malafaia. Em um vídeo publicado nas suas redes sociais, Silas fez um alerta seus seguidores quanto ao ato e destacou que partidos de esquerda não gostam de cristãos.

Malafaia defendeu que o vereador deve perder o mandato por causa desse ato. Além disso, falou que a invasão afronta a Constituição.

“Minha gente, artigo 5º, inciso VI da Constituição: o lugar de culto é inviolável. Crenças e consciências, a liberdade de crença e de consciência é inviolável. O culto e as suas liturgias têm proteção. Tem que botar esse bandido na cadeia, essa cambada na cadeia, e cassar esse miserável. Isso é uma pequena amostra do que eles são. Eles estão mostrando o ódio que eles têm aos cristãos. Essa que é a verdade”, iniciou o pastor.

Malafaia questionou a ausência do ato nos noticiários dos principais veículos de comunicação do Brasil.

“A minha pergunta é a seguinte: não teve destaque no Jornal Nacional nem no Fantástico ou no jornal O Globo? Nem na Veja, Folha, Estadão? Não foram atrás do Fachin e do Barroso para perguntar sobre isso, como a Globo faz? Não foi atrás do presidente da OAB, o esquerdopata que comanda essa instituição que está falida moralmente? Cadê? Ninguém fala nada! Cadê a nota da CNBB?”, questionou ele.

“Isso é uma vergonha, gente! Isso é uma afronta à Constituição. Esses caras tinham que ir para a cadeia. Isso, minha gente, é uma pequena amostra do que eles querem. Isso aí, votem PT! Além de ter sido o governo mais corrupto da história da nossa nação, eles odeiam, eles escondem, eles são dissimulados, [mas] a essência, a origem deles é comunista. Odeiam a ideologia cristã. Está aí a prova: invadiram uma igreja. E a mídia que, na sua maioria, é esquerdopata, [ficou] calada, escondeu isso. Não tem notícia em primeira página, não destaque para nada. Fica aqui o meu protesto. Deus nos livre dessa gente!”, concluiu o pastor.

CASSAÇÃO DO MANDATO

Os vereadores Éder Borges (PSD), Pier Petruziello (PTB) e Pastor Marciano Alves (Republicanos) protocolaram nesta segunda-feira (07/02), representações por quebra de decoro contra o vereador Renato Freitas.

Os autores dos pedidos à Mesa Diretora cobram que o caso seja levado ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Curitiba para a instauração de processo disciplinar.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página