in

Vulcão Krakatoa entra em erupção e cristãos lembram profecia da Bíblia

Publicidade

O Vulcão Krakatoa, localizado na Indonésia, entrou em erupção na última sexta-feira (11) e chamou atenção do mundo durante o feriado de páscoa.

Uma grande explosão antecedeu o lançamento de fumaça e lava pelo vulcão, que teve seu estrondo ouvido na capital Jacarta, a mais de 140 km de distância. A população, claro, ficou bastante preocupada.

A última vez que o Krakatoa apresentou alguma atividade mais drástica foi em dezembro de 2018, quando a erupção causada por ele deu início a um tsunami que matou cerca de 400 pessoas entre Sumarta e Java.

Mas o pico de atividade mais recente é bastante antigo: 1883. Nessa ocasião, o Krakatoa causou uma explosão equivalente a 10.000 bombas de Hiroshima, matou cerca de 36 mil pessoas e pode ter baixado a temperatura de todo o planeta por diversos anos posteriores.

Com a erupção de 2020, diversos religiosos lançaram teorias proféticas para tentar relacionar a atividade do Krakatoa com presságios bíblicos. A passagem mais recorrente está em Naum 1:3-6:

PUBLICIDADE

“O SENHOR é muito paciente, mas o seu poder é imenso; o SENHOR não deixará impune o culpado. O seu caminho está no vendaval e na tempestade, e as nuvens são a poeira de seus pés.
Ele repreende o mar e o faz secar, faz que todos os rios se sequem. Basã e o Carmelo se desvanecem e as flores do Líbano murcham.
Quando ele se aproxima os montes tremem e as colinas se derretem. A terra se agita na sua presença, o mundo e todos os que nele vivem.
Quem pode resistir à sua indignação? Quem pode suportar o despertar de sua ira? O seu furor se derrama como fogo, e as rochas se despedaçam diante dele.

As expressões dizem que, em um momento de ira, Deus chega a derreter rochas e colinas, o que tem sido associado à atividade vulcânica, e poderia sugerir, segundo alguns religiosos, que Deus estaria enfurecido com a humanidade atualmente.

Para a ciência, a explicação é outra. A Indonésia está bastante propícia a desastres naturais, como erupções e tsunamis, por conta de sua posição geográfica, que fica cima de um eixo de encontro de placas tectônicas, que quando se pressionam umas contra as outras, causam abalos que se desdobram em terremotos, tsunamis e erupções vulcânicas.

Assista abaixo o momento exato da explosão e erupção do Krakatoa no último fim de semana:

Publicidade

Sasha começa a frequentar igreja evangélica do namorado cantor gospel

Saulo Poncio reata com esposa após traições: ‘O Senhor restituiu meu lar’