Conecte-se conosco

Gospel

Bispo Edir Macedo diz que não perdoou Lula e explica confusão

Publicado

em

Edir Macedo e Lula - Imagem: Montagem/Portal do Trono

O líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) se pronunciou na tarde desta sexta-feira (04/11), sobre a informação de que teria pregado em um culto o “perdão” a Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além disso, foi noticiado que ele teria dito que os fiéis não devem ter mágoa do resultado do pleito.

Com a grande repercussão do caso, inclusive, do bispo ganhando resposta de Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), dizendo que dispensa o perdão do bispo Edir Macedo a Lula, o próprio líder religioso se manifestou e explicou a questão.

“Eu estava falando o seguinte: que na quarta-feira à noite quando eu estava fazendo reunião, e eu falei pra que as pessoas perdoasse aos seus devedores e mencionarem os seus respectivos nomes para que elas também se libertassem sobretudo, para elas se libertassem para que o coração ficasse limpo e aí pudesse receber o Espírito Santo”, iniciou o Bispo.

“Então eu falei para que o povo da igreja, o povo que entende a linguagem cristã, a palavra de Deus, perdoasse os seus devedores. Uma senhora estava magoada com quem? Com o Lula. Quando eu detectei que deveria ter outras tantas com o mesmo sentimento então eu falei que o Brasil deveria perdoar para que ele (Lula) pudesse se perdoar”, disse.

Ainda no vídeo, Edir Macedo completou: “Então confundiram isso, disseram que eu perdoei o Lula. Eu não perdoei o Lula e eu não perdoei ninguém. Eu não tenho nada contra Lula. Se ele tem contra mim isso é problema dele, mas eu não tenho nada contra ele. Nunca tive e não vou ter, porque eu não sou burro de ter alguma coisa contra alguém”.

Assista:

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página