Lívia Andrade diz à Mara Maravilha: “Jesus te ama porque não convive”

A (ex?) cantora gospel Mara Maravilha foi alvo de uma nova polêmica neste fim de semana. Ela, que é apresentadora do programa “Fofocalizando” do SBT, não esconde seu desafeto pela apresentadora Lívia Andrade, que agora é sua colega de bancada no programa de fofocas. E Silvio Santos fez questão de botar mais lenha ainda na fogueira. O dono do baú disse que o programa vespertino só está dando audiência depois que Lívia entrou na atração, o que despertou um certo ciúme em Mara durante o “Jogo dos pontinhos” do programa Silvio Santos deste último domingo (4).

Lívia Andrade e Mara Maravilha no SBT

Mara Maravilha ficou bastante sem jeito com os elogios que o patrão fez à Lívia, e aproveitou a deixa para pedir um novo programa a Silvio Santos, que respondeu dizendo que ela só queria sair do “Fofocalizando” porque já está percebendo que Lívia Andrade já roubou seu espaço por lá: “Está fazendo média com os colegas para eles não pedirem para ela sair do programa, porque agora ela não é tão útil. Útil é a Lívia Andrade”, disse.

Mara Maravilha, então, aproveitou a deixa de uma pergunta feita por Silvio para manchar a imagem da colega. Questionada sobre o motivo pelo qual Lívia Andrade teria sido escalada para apresentar o programa de fofocas, Mara Maravilha respondeu: “[Porque ela tem] Uma língua venenosa para concorrer com a Fabíola Reipert! [repórter de fofocas do R7 e da TV Record]”. Mas não ficou só nisso não, já que Lívia Andrade replicou: “Bom, eu só quero dizer uma coisa para minha colega. Jesus te ama porque ele não convive com você!”, arrancando palmas da plateia.

Desde que assumiu o programa de fofocas, Mara Maravilha é criticada pelo segmento evangélico que ela tanto diz representar. Não é incomum presenciar momentos em que a baiana cita a Bíblia e logo após começa a atiçar brigas e polêmicas com famosos na atração. Por conta disso, não possui contratos publicitários de valor, nem é tão bem quista pelo público, como era, por exemplo, na década de 80/90, quando apresentava programas infantis.

Tadeu Ribeiro
[email protected]