Pastor batiza camisa do Atlético-MG no Rio Jordão e cria polêmica

Um pastor evangélico, identificado como Antônio, está dando o que falar nas redes. Ele aparece em um vídeo que está circulando na web, dentro do Rio Jordão, onde ele diz que está fazendo um ritual para “quebrar a maldição” que paira, segundo ele, sobre o Atlético Mineiro, de quem é torcedor.

Pastor “batiza” camisa do Atlético-MG no Rio Jordão.

O pastor diz no vídeo que tanto ele quanto os outros presentes no ato são torcedores do galo, um time que possui “um dos melhores Centros de Treinamento do mundo, jogadores bons”, mas que não consegue vencer títulos importantes. Atualmente, o Atlético-MG está em 10º lugar na tabela do Campeonato Brasileiro.

“Como eu sou um homem fervoroso, de fé e oração; oro para Deus quebrar essa maldição. Estou aqui no Rio Jordão quebrando essa maldição do Atlético. Todo mal está repreendido”, diz ele no vídeo.

O homem, então, pega o uniforme do time e o mergulha em torno de 7 vezes dentro do rio sagrado, repetindo: “Toda maldição está quebrada em nome de Jesus”.

O vídeo chamou a atenção dos internautas. Enquanto alguns apoiam a atitude do pastor, outros acreditam e defendem que o ato soa como zombaria com elementos sagrados para o cristianismo, já que o Rio Jordão é conhecido mundialmente por ser o lugar onde João Batista batizou Jesus Cristo. Assista abaixo:

Tadeu Ribeiro
[email protected]