Conecte-se conosco

Gospel

Janja defende religião apoiada por Lula e manda recado para Michelle Bolsonaro

Publicado

em

Janja reage a post de Michelle sobre Lula em cerimônia de umbanda - Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Rosângela da Silva, a socióloga Janja e esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), rebateu a publicação da primeira-dama Michelle Bolsonaro que compartilhou um vídeo em uma rede social em que faz um questionamento sobre Lula participar de uma celebração da umbanda, sem receber críticas.

A esposa de Jair Bolsonaro postou nos stories do Instagram, um vídeo em que o ex-presidente Lula participa de uma celebração da umbanda, em Salvador. Na postagem Michelle escreveu: “Isso pode né! Eu falar de Deus, não”.

O questionamento é uma resposta às críticas que recebe por professar sua fé. Mas, novamente, Michelle voltou a ser criticada por isso. Diversos portais de notícias, principalmente de viés de esquerda, disseram que Michelle atacou religiões africanas, e que associou religiões de matrizes afro-brasileiras às “trevas”. Dentre as críticas que recebeu está a de Janja.

“Eu aprendi que Deus é sinônimo de amor, compaixão e, sobretudo, de paz e de respeito. Não importa qual a religião e qual o credo. A minha vida e a do meu marido sempre foram e sempre serão pautadas por esses princípios”, escreveu a esposa de Lula, no Twitter. A publicação teve até a manhã desta quarta-feira (10/08), 21,8 mil curtidas.

O vídeo divulgado por Michelle foi gravado em 2021 durante evento na Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador (BA). Nas imagens, Lula recebe um banho de pipoca dos líderes da umbanda.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página