Conecte-se conosco

Política

TSE aponta irregularidade grave em doação de empresário envolvido na Lava Jato à campanha de Lula

Publicado

em

Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva - Foto: Reprodução/Facebook

Segundo apurou a Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias, uma área técnica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cometeu uma irregularidade grave na campanha eleitoral.

Apurou-se que José Seripieri Filho, envolvido nos casos de corrupção da operação Lava Jato e empresário da rede Qualicorp e Qsaúde, doou R$ 660 mil reais a Lula. Seripieri também emprestou seu jatinho, nesta semana, para que Lula fosse ao Egito participar no evento sobre a cúpula do clima.

A resolução do TSE determina que os candidatos que receberem recursos financeiros devem informar à justiça sobre eles no prazo de até 72 horas corridas.

O TSE apontou que a campanha de Lula recebeu o valor em 27 de setembro e só veio a informá-lo no dia 3 de outubro – seis dias depois.







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página