Bispo Rogério Formigoni deixa Igreja Universal após confessar adultério

O bispo Rogério Formigoni, que era considerado um dos manda-chuvas da Igreja Universal do Reino de Deus, também conhecido como “bispo do Balanço Geral”, está em guerra contra a denominação, após assumir que cometeu adultério.

Bispo Rogério Formigoni da Igreja Universal.
Bispo Rogério Formigoni da Igreja Universal.

O caso estava rolando desde setembro, mas só na última semana a Igreja Universal emitiu uma nota oficial, falando sobre a exclusão do bispo Rogério Formigoni de seu quadro.

O religioso teria respondido a mensagem de uma fiel que o teria elogiado por sua forma física, através do Whatsapp. O marido da fiel viu as mensagens e procurou a direção da Igreja Universal.

Renato Cardoso, atual líder da igreja e genro de Edir Macedo, decidiu que ele deveria deixar o cargo de bispo e recomeçar do zero, o que não foi aceito pelo bispo Formigoni.

Nos bastidores comenta-se que, na verdade, a punição serviria para tirar o bispo do caminho de Renato Cardoso, já que os dois são da extrema confiança do bispo Macedo, fundador da Igreja Universal, que procura alguém para tocar os negócios e templos da família.

Confira abaixo a nota oficial da Igreja Universal:

“Para dar fim a especulações e fake news, a Igreja Universal do Reino de Deus vem a público para esclarecer o que de fato ocorreu na questão do ex-bispo Rogério Formigoni. No início de setembro último, Formigoni procurou a direção da Universal para expor sua conduta inapropriada, que desrespeitava frontalmente o tipo de comportamento que é exigido de todos os bispos e pastores.

Tendo manchado seu ministério, segundo as normas de conduta pastoral da Universal, Rogério não poderia mais permanecer na posição de bispo. Mesmo assim, considerando sua confissão e acreditando em seu arrependimento e na possibilidade de restauração, a igreja lhe ofereceu uma oportunidade de recomeço. Porém, não aceitando a disciplina nem um recomeço, Formigoni preferiu, por decisão própria, desligar-se do ministério.

Nossas orações são para que ele, sua esposa e a outra família envolvida se reestabeleçam no casamento e na fé.”

Nota oficial da Igreja Universal do Reino de Deus.

Outro Lado
O bispo Rogério Formigoni publicou em suas redes sociais sua versão dos fatos: “Em resposta a nota emitida pela IURD a respeito da minha saída, quero afirmar que durante todo o meu período como bispo da IURD, jamais destruí ou causei mal a qualquer família. Apenas, não concordei com a dura disciplina da igreja por não ter tomado nenhuma atitude que merecesse tal castigo…”, confira abaixo a nota na íntegra:

View this post on Instagram

Respeito e agradecimento: Bispo Rogério Formigoni Primeiramente, quero agradecer ao Nosso Senhor Jesus Cristo pela minha vida, salvação e minha querida esposa Ana Claudia. Trago a conhecimento de todos a minha decisão de não mais fazer parte do corpo pastoral da igreja Universal do Reino de Deus. Em resposta a nota emitida pela IURD a respeito da minha saída, quero afirmar que durante todo o meu período como bispo da IURD, jamais destruí ou causei mal a qualquer família. Apenas, não concordei com a dura disciplina da igreja por não ter tomado nenhuma atitude que merecesse tal castigo. Estou na IURD há 25 anos, dos quais 23 fiz a obra de Deus. Inclusive, atualmente faço parte da instituição como membro na igreja Universal de Belo Horizonte, nas quartas e domingos, junto com a minha maravilhosa esposa com quem sou feliz há 23 anos. Aproveito a oportunidade para agradecer a igreja Universal do Reino de Deus, onde tive a oportunidade de pregar o evangelho, e ser usado pelo Espírito Santo para restaurar famílias, resgatar milhares de viciados e poder levar a salvação por intermédio do Senhor Jesus Cristo a milhares de pessoas. Em especial agradeço a pessoa do Bispo Macedo, por quem tenho grande admiração e respeito. Agradeço aos pastores, obreiros, evangelistas, jovens, os membros e todos os outros grupos que juntos, tanto nos ajudaram a realizar este trabalho. Agradeço a RecordTV, a RedeTv e todos os veículos e profissionais da comunicação e artistas que sempre apoiaram o tratamento da cura dos vícios. Bispo Rogério Formigoni e esposa Ana Claudia Formigoni ‘’Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.’’ Salmos 23:6

A post shared by Rogerio Formigoni (@bpformigoni) on