in

Jonathan Nemer diz que não votaria em Mandetta e Sérgio Moro em 2022

O humorista evangélico Jonathan Nemer declarou nesta quinta-feira (23) em suas redes sociais que não votaria em uma chapa formada por Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, e Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do mesmo governo.

Publicidade

Mandetta anunciou ontem (22) em entrevista à Band News TV que pensa em se candidatar em 2022 ao planalto, e pode contar com o apoio de Sérgio Moro em sua chapa.

“Em 2022 eu vou estar na praça pública, lutando por algo que eu acredito. Se o Democratas acreditar na mesma coisa, eu vou. Se o Democratas achar que ele quer outra coisa, eu vou procurar o meu caminho. Eu vou achar o caminho. Como candidato, ou carregando o porta-estandarte do candidato em que eu acreditar. Mas que eu vou participar das eleições, eu vou”, disse o ex-titular da Saúde.

Jonathan Nemer afirmou que não votaria nos dois, e deixou no ar a ideia de que os dois ex-ministros agiram para sabotar o governo Bolsonaro.

PUBLICIDADE

“As coisas começam a se encaixar kkkkkkkkk No texto ainda diz que o Moro pode compor a chapa. E aí? Oq vcs acham? Votariam neles? Ou eles foram traíras ao sabotarem o atual governo? Uma coisa já garanto: meu voto não terão”, afirmou.

Um seguidor contestou, e disse que Luiz Henrique Mandetta, que liderou aqui no Brasil as ações contra a pandemia do novo Coronavírus em seu início, foi o melhor ministro do governo até agora, classificando Jonathan Nemer como “gado” por conta de sua posição.

Publicidade

Pais conseguem registrar o filho com nome de ‘Lúcifer’ e comemoram

Esposa de André Valadão exalta Silvio Santos e Íris: ‘Jesus purinho’